Toledo

Biopark lança Clube das Ciências para crianças e adolescentes

O projeto tem o objetivo de aproximar os alunos de atividades do universo científico (Foto: Divulgação)

Durante uma semana, 50 cientistas mirins aprenderam de maneira divertida assuntos de química, física, matemática e biologia. As atividades aconteceram na primeira edição do Clube das Ciências realizada pelo Centro de Educação Profissional em Biociências (CEPBio), instituição de ensino ligada ao Biopark.

Uma equipe multidisciplinar com experiência na área científica e tecnológica recebeu os participantes, que foram distribuídos em grupos de acordo com a faixa etária. “Durante a semana eles realizaram experiências, produções laboratoriais, estudo do corpo humano e trabalho em equipe. Todas as atividades foram adaptadas de acordo com o conhecimento das turmas”, explica a Coordenadora Graziella Florence Miola.

Segundo a gerente geral do Biopark, Rubia Porsch, a iniciativa do projeto é desenvolver a cultura científica. “Com as aulas ministradas, demonstramos que a ciência agrega valor aos produtos e que o hábito de buscar conhecimento deve ser constante na vida das pessoas. O aprendizado das crianças foi percebido com o relato dos pais, que nos contavam que elas reproduziam as técnicas em casa”, conta.

Pai de Luiza, 8, Fernando Gruber conta que a filha amou a atividade e já espera a próxima edição. “Ela chegava em casa e pedia se podia refazer as experiências que tinha aprendido. Quando chegou no último dia, disse que estava triste porque tinha terminado e que gostaria de fazer de novo”.

Andreia Becker, mãe do Vitor,7, acredita que as crianças devem ser incentivadas a continuar o caminho das pesquisas iniciado no Clubinho. “Foi a primeira vez que meu filho participou de atividades como essa e ficou fascinado com tudo que descobriu do mundo das ciências. Além disso o espaço físico, os laboratórios, os materiais utilizados, tudo estava perfeito, assim como a equipe. Ficamos com gosto de quero mais”, reforçou.

A idealizadora do Biopark, Carmen Donaduzzi, participou da entrega de certificados e crachás de membros do Clube de Ciências. “Nossa iniciativa é mostrar para as crianças a importância da ciência e, principalmente, a valorização dos estudos. Todos esses alunos estão de férias, mas escolheram se divertir e aprender. Nosso agradecimento aos pais, que nos confiaram seus filhos”, reforça.

A iniciação no mundo das ciências pretende preparar as crianças para o futuro com o Biopark. “As atividades desenvolvidas desafiam o exercício do pensamento crítico, empreendedorismo, a colaboração e a criatividade. Essas ferramentas são fundamentais para superação dos desafios do mundo atual e para o despertar dos futuros cientistas”, finaliza Rubia.