Região

Campanha Troco Solidário Havan arrecadou mais de R$ 1,1 milhão

A campanha Troco Solidário é uma iniciativa das Lojas Havan, que conta com a participação e a solidariedade dos moradores e clientes das cidades onde a rede tem unidades, que doam seu troco, ou parte dele, diretamente nos caixas das lojas. No Paraná, a arrecadação do primeiro semestre deste ano foi de mais de R$ 1,1 milhão e auxiliará 18 instituições nas cidades com filiais da Havan.

O diretor-presidente da rede, Luciano Hang, afirma que a campanha é uma forma de a empresa, seus colaboradores e clientes retribuírem às entidades e aos seus voluntários, pelo trabalho realizado nas comunidades. É com muito prazer que entregamos este valor para as entidades. O Troco Solidário é um trabalho de quatro mãos, em que os colaboradores conscientizam os clientes sobre a importância da doação, que tem o objetivo de auxiliar as instituições onde a Havan tem lojas. De pouco em pouco é que se consegue muito para ajudar quem faz bastante”, finaliza.

Brasil

Desde 2010, ano que marcou o início da campanha, foram arrecadados mais de R$ 21 milhões em todo o Brasil, em benefício de mais de 800 instituições. Em 2018, as 120 unidades da Havan arrecadaram, por meio de 33 mil doadores, mais de R$ 7 milhões, que beneficiaram 97 entidades.  Somente no primeiro semestre deste ano, a arrecadação chegou aos R$ 4,5 milhões.  As entregas dos valores às instituições, através do cheque simbólico da campanha, acontecem no início de agosto.

 

O TROCO - Para participar da campanha Troco Solidário basta procurar o gerente da filial de sua cidade (se for mais de uma loja no município vá a apenas uma filial) e cadastrar a instituição na campanha. A entidade passa por avaliação. É necessário que a instituição tenha CNPJ próprio, conta bancária em nome da entidade, estatuto social, além de idoneidade.

A partir do cadastro aprovado, o Troco Solidário passa a ser um convite, realizado por parte do operador de caixa da Havan, a doar seu troco, ou parte dele, para a campanha. O valor doado é contabilizado no sistema e a pessoa recebe um comprovante de participação, informando qual entidade está ajudando. A doação do montante arrecadado é feita a cada seis meses e a cada edição contempla uma entidade diferente.

Em Toledo a Casa de Maria recebeu R$ 51 mil.