Toledo

Comdet terá novas câmaras técnicas para desenvolvimento

(Foto: Divulgação)

Para tratar de assuntos estratégicos quanto a sua atuação, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico de Toledo (Comdet), reuniu-se na quinta-feira (8), nas dependências da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit).

Durante a 34° reunião do Conselho, os conselheiros, representantes da Acit, poder público, Sebrae, universidades, sindicatos, entre outras entidades e instituições, puderam discutir sobre o planejamento de ações deste ano para o Comdet, que dentre seus objetivos de atuação focará no estabelecimento de diretrizes de apoio à expansão das empresas locais e à atração de novos investimentos.

Dois assuntos se destacaram na pauta da reunião: a criação de duas novas câmaras técnicas, que visam auxiliar e dar agilidade ao trabalho do Comdet.

A primeira, coordenada pela vice-presidente do Conselho, Anaide Holzbach de Araújo – representante da Acit -, tem por objetivo dar início a criação da Lei Municipal de Inovação. “A lei deve ser formatada e enviada ao Executivo municipal muito em breve. A coordenadora tomará como base leis de inovação como, por exemplo, de São José dos Campos, Florianópolis, da Tecnopuc, entre outras, consideradas entre as melhores em vigor”, destaca o presidente do Comdet, Cezar de Césaro.

A segunda câmara temática será coordenada por Narcizo Mueller, que estudará e focará em estratégias voltadas à atração de grandes indústrias a Toledo, além de análise para constatar áreas geográficas disponíveis no município, podendo ser no padrão PPP (Parceria Público-Privada), alavancando o desenvolvimento local.

Segundo o presidente do Conselho, a reunião foi muito produtiva e objetiva. “Temos um grupo composto por algumas das melhores ‘cabeças pensantes’ da cidade e dispostas a discutir caminhos para o desenvolvimento econômico de Toledo. Pudemos sentir a capacidade de resolução, entendimento e comprometimento do Conselho face aos desafios impostos a cada cidadão consciente deste município”, avalia Cezar.

No encontro o grupo tratou ainda sobre a ideia da inclusão da Educação Tecnológica curricular em Toledo: “Queremos fomentar com urgência uma câmara técnica para alavancar a escola do futuro, incluir a educação tecnológica, ou seja, preparar a grade curricular dos estudantes de Toledo, desde o ensino primário, médio ou secundário. Queremos introduzir em nossa juventude esses novos valores, para os iminentes e inevitáveis desafios de trabalho que surgirão nos próximos anos", frisa Cezar.