Segurança

Preso no litoral de SC contador apontado como líder de quadrilha

Foi preso em Bombinhas (SC), onde levava uma vida pra lá de sossegada, o contador de Cascavel considerado pela Polícia Federal como líder de uma quadrilha acusada de lesar o INSS em pelo menos R$ 2 milhões com aposentadorias fraudulentas conseguidas nos últimos oito ou nove anos. Seu nome? A PF não divulgou, pois no Brasil determinadas leis são madrastas com as pessoas de bem e complacentes com os bandidos. Batizada de Crotalus (uma referência ao nome científico da cobra Cascavel), a operação também cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão em Marechal Cândido Rondon, Curitiba e São José dos Pinhais e resultou de investigação iniciada a partir da constatação de que o Instituto vinha pagando benefícios a pessoas inexistentes. E com um detalhe: esses "fantasmas" eram todos remunerados pelo teto (R$ 5.645 mensais), coisa que raríssimos trabalhadores conseguem, por mais idade e tempo de recolhimento que tenham quando entram com o pedido de aposentadoria.

 

MAIS MALANDRAGEM

Em Iporã, no Noroeste do Paraná, uma ação conjunta do Ministério Público, da Polícia Militar e da Copel resultou na prisão de três pessoas acusadas da prática de furto de energia. Detalhe: entre os presos está a secretária municipal de Educação, Solange Bagarolo. A energia da pasta por ela dirigida era desviada para abastecer uma obra particular.

 

NO OLHO DO TIGRE

O MP ajuizou hoje uma ação civil pública contra o prefeito de Toledo. Lúcio de Marchi é acusado de ter inaugurado uma obra inacabada durante o período eleitoral para angariar votos aos candidatos por ele apoiados: Natal Sperafico (deputado federal não eleito) e José Carlos Schiavinato (deputado federal eleito).

 

O CASO

A ação, movida pelo promotor Sandres Sponholz, se refere à Central de Especialidades Médicas e Saúde do Trabalhador Radialista Osvaldo Luiz Ricci, entregue no dia 1º de outubro, duas semanas antes da conclusão prevista no contrato, ainda sem acesso à internet para triagem dos pacientes e lavatórios nos banheiros dos funcionários, além de problemas na estrutura do prédio.

 

MAIS DOIS NOMES

Ao prestigiar o encontro de prefeitos que acontece em Foz do Iguaçu, Ratinho Júnior anunciou nesta quinta-feira (6) mais dois nomes de seu futuro governo. Um é o empresário Allan Costa, cofundador da plataforma de inovação AAA e escolhido para ser o presidente da Celepar. O outro é o conceituado economista Paulo Rabello, ex-candidato a vice-presidente da República na chapa de Alvaro Dias e que será contratado para planejar ações do futuro governo.

 

PROBLEMA SUPERADO

Também em Foz, e para participar do mesmo evento de prefeitos, a governadora Cida Borghetti garantiu ao portal Catve que o impasse que vinha travando a desapropriação da área escolhida para construção do Aeroporto Regional do Oeste já está resolvido. Segundo ela, tratava-se apenas de questão burocrática (falta de assinatura de convênios e dos termos e estudos técnicos). O dinheiro para pagamento dessas terras já está depositado, reforçou Cida.