Região

Cooperativa de Santa Helena trabalha alternativas de tratamento e combate a parasitas

Participaram os produtores da agricultura familiar de Céu Azul (Foto: Divulgação)

Alternativas no tratamento e controle de doenças em animais são formas importantes de auxiliar os produtores, segundo entendimento técnico voltado à área pecuária. A Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore) desenvolveu uma reunião técnica em Céu Azul, voltada às alternativas naturais para controle de endo e ectoparasitas em animais. Participaram os produtores da agricultura familiar do município.

Dentre os produtos naturais apresentados na reunião estão compostos com folhas como da bananeira, eucalipto, dentes de alho e técnicas de homeopatia e sua administração aos animais. Ectoparasitas como carrapatos, moscas, berne, pulgas foram foco de atenção especial, principalmente, pelo período atual, época propícia a esses problemas nas propriedades.

“Tanto o tratamento aos animais como a higiene e pulverizações nas instalações e limpeza de pastagens são formas de evitar ou diminuir a proliferação dos ectoparasitas”, frisa a técnica da Biolabore Daniela Cristiane Zigiotto. “Macerados de plantas medicinais, de alho, alcoolaturas de alho, pomadas, medicamentos homeopáticos são alternativas para prevenção e controle desses problemas”, observa.

Na outra classe estão os endoparasitas, que compreendem bactérias, tênias e nematelmintos, vermes e demais parasitam que se procriam no interior do corpo do hospedeiro, como sangue e intestino, por exemplo.

Além da instrução, os produtores também puderam compartilhar suas receitas caseiras com aplicação das técnicas direcionadas a bovinos de leite, corte, na produção de ovinos e frangos assim como animais domésticos, caso de cães e gatos.

O trabalho com os produtores teve o apoio do Sindicato Patronal de Céu Azul, prefeitura do município e Itaipu Binacional, por intermédio do Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável.