Estado

Desafio Paraná revela vencedores na sexta-feira

Uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), publicada em julho deste ano, revelou o perfil dos empreendedores brasileiros com idade entre 18 e 39 anos. Segundo o estudo, 65% dos jovens são homens e apenas 35% mulheres. Dentre os setores de atuação, 57,9% estão presentes na área de serviços e 30,1% no comércio.

Já o concurso cultural Geração Empreendedora – Desafio Paraná, dirigido também ao público jovem empreendedor com o objetivo de reconhecer via investimento e capacitar os participantes, revela dados praticamente semelhantes em relação aos setores de atuação dos inscritos: 31% dedicam-se ao comércio, 53% a serviços e 16% à produção. O que surpreendeu a organização foi o percentual de mulheres inscritas na versão on-line do concurso: 56% mulheres e 44% homens.

O concurso Desafio Paraná, uma iniciativa da Volkswagen e da organização social Aliança Empreendedora, que conta com apoio do Governo do Paraná, já está em sua 3ª edição e oferece capacitação gratuita nas versões on-line e presencial.

A cada nova edição, o concurso inova em formatos de capacitação que atendam a um público cada vez maior de jovens empresários do Estado. Em 2018, além da versão on-line do concurso também foram ofertadas opções presenciais para atender a um público com menor acesso à internet ou que tenha mais facilidade de aprendizado com o suporte direto de um orientador. Os cursos presenciais, com duração de uma semana, foram ofertados em 15 cidades paranaenses. Além disso, outras 11 cidades receberam os cineclubes, uma capacitação presencial com duração de três horas e formada pelo uso das web séries do curso on-line e a presença de um facilitador para orientar os participantes.

Ao todo, mais de mil jovens tiveram acesso a treinamentos com o objetivo de oferecer ferramentas de fácil aplicação para análise e controle financeiro, precificação, vendas e marketing. O conceito dos treinamentos é baseado na teoria do “Effectuation” ou Teoria do Fazer, que trata o ato de empreender como um conjunto de habilidades e relacionamentos que o empreendedor já possui na sua história de vida e que geram oportunidades para desenvolver o negócio. “Nós acreditamos que qualquer pessoa tem capacidade para empreender e, por isso, o conteúdo dos cursos visa desenvolver as habilidades, experiências e a rede de relacionamento do empreendedor, mostrando que ele pode empreender imediatamente com as ferramentas que dispõe”, revela Barbara.

Após os dois meses de realização de treinamentos e etapas seletivas, 60 finalistas reúnem-se na sexta-feira (7) para o evento que irá revelar os empreendedores destaque que serão contemplados com certificados em barras de ouro.