Toledo

Enem: com 3.958 inscritos, Toledo ocupa 6ª colocação do estado

Os candidatos estão em processo de preparação para as provas que acontecem em novembro (Foto: Janaí Vieira)

Toledo tem 3.958 inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019. Esse número representa 1,9% dos inscritos no estado – ocupando a 6ª colocação ao empatar com o município de Umuarama. Os dados são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O perfil do candidato do Paraná aponta que 23,3% - 49.275 inscritos – possuem idade igual a 17 anos. Aproximadamente 34,2% - 72.325 inscritos – estão cursando a última série/ano no Ensino Médio. Conforme o levantamento do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Toledo, atualmente, são 2.945 alunos que estão na 3ª série do Ensino Médio, sendo 1.410 do município de Toledo.

“O NRE tem incentivado as escolas e colégios a trabalharem as questões do Enem e preparar seus estudantes para a prova”, enfatiza o chefe do NRE de Toledo José Carlos Guimarães. “Fizemos uma parceria com a Secretaria da Juventude da prefeitura de Toledo, onde temos vários alunos da rede pública em processo de preparação para o Enem”, comenta a salientar a importância em incentivar os interessados em ingressar no Ensino Superior a prestarem o exame.

José Carlos destaca que o Enem é um exame importante, pois abre portas aos candidatos entrarem na faculdade. Ele comenta que os jovens que não têm como pagar uma universidade e não conseguem passar na pública, podem ingressar através de bolsas nas instituições privadas.

 

DIAGNÓSTICO – O Enem avalia o desempenho do estudante e colabora para a autoavaliação, o acesso à educação superior através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) e Instituições Portuguesas. Além disso, propicia o acesso ao financiamento e apoio estudantil como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Prouni.

“Podemos usar o resultado como diagnóstico, analisar o percentual de alunos que tiraram notas boas, como forma de entender o trabalho dos colégios. As escolas e os colégios precisam ficar atentos à linguagem utilizada nas provas das avaliações externas e ajustar suas metodologias em sala de aula”, avalia o chefe do NRE.

A estrutura do exame compreende quatro provas objetivas com 180 questões, sendo 45 em cada área do conhecimento (linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias). Além disso, terá a produção de uma redação com mínimo de sete e máximo de 30 linhas, com texto dissertativo-argumentativo a partir de uma situação-problema.

 

PERFIL DO PARANÁ – O Inep aponta que o Paraná tem 211.308 inscritos. São 123.505 mulheres (58,4%) e 87.803 homens (41,6%). A raça/cor predominante é a branca com 136.984 inscritos (64,8%) e em termos de escolaridade com 111.285 inscritos (52,7%) são pessoas que já concluíram o Ensino Médio.

A cidade com maior número de candidatos é a capital do estado (22,3%). Na sequência está Foz do Iguaçu (4,3%), Cascavel (3,9%), Maringá (3,7%), Guarapuava (2,5%) e Toledo e Umuarama (1,9% cada uma). As provas serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro, primeiro e segundo domingo do mês, em 88 cidades.