Esporte

Espanha empata nos acréscimos com a Suécia e garante vaga na Eurocopa de 2020

Graças a um gol marcado pelo atacante Rodrigo nos acréscimos do segundo tempo, aos 46 minutos, a Espanha empatou por 1 a 1 com a Suécia, nesta terça-feira, fora de casa, em Solna, nos arredores de Estocolmo, e garantiu a sua vaga na Eurocopa de 2020.

Com o resultado obtido no sufoco, a seleção espanhola foi a 20 pontos na liderança do Grupo F das Eliminatórias para o torneio continental e ficou cinco à frente justamente dos suecos, que ocupam a segunda posição da chave e hoje fecham a zona de classificação à competição que ocorrerá no próximo ano.

Essa é a sétima vez consecutiva que a seleção espanhola assegura lugar em uma Eurocopa com campanhas de sucesso nas Eliminatórias. Depois de ter fracassado na sua tentativa de disputar a edição de 1992 da competição, a equipe nacional participou do grande evento em 1996, 2000, 2004, 2008, 2012 e 2016. Neste período, se sagrou campeã por duas ocasiões, em 2008 e 2012, e foi às quartas de final por outras duas, em 1996 e 2000. Há três anos, na sua última participação no torneio, deu adeus nas oitavas de final.

O empate desta terça-feira também manteve a Espanha invicta neste qualificatório para a próxima Euro e ampliou para 38 jogos o número de partidas consecutivas do país marcando ao menos um gol em cada. Desta vez, comprovando a sua vocação ofensiva, os espanhóis criaram as melhores oportunidades de balançar as redes no primeiro tempo, mas não souberam aproveitar nenhuma delas.

Do outro lado, a Suécia também esbarrou em uma grande atuação do goleiro David de Gea, que praticou belas defesas antes de precisar deixar o jogo lesionado. Antes disso, ele não teve como evitar o gol que abriu o placar do confronto, aos 5 minutos da etapa final, quando Berg marcou no rebote pelos donos da casa após De Gea praticar duas defesas cara a cara no mesmo lance. Aos 15, o goleiro saiu para a entrada de Kepa Arrizabalaga.

E a vitória dos suecos parecia certa quando os espanhóis encontraram o caminho do empate. Após escanteio batido pela direita, Fabián finalizou da esquerda e Rodrigo, que estava no caminho da bola, completou para as redes para garantir o 1 a 1 e também a classificação à Eurocopa.

Nas duas rodadas finais deste Grupo F, a Espanha ainda terá pela frente Malta, em Cádiz, em 15 de novembro, e a Romênia, três dias depois, em Madri. Serão dois compromissos em casa para cumprir tabela e fazer a festa com os seus torcedores.

A terceira colocação desta chave, com 14 pontos, está nas mãos da Romênia, que também amargou um duro empate atuando como mandante em outro duelo desta terça. Em Bucareste, a seleção da casa vencia a Noruega por 1 a 0, com um gol de George Puscas, até os 47 minutos do segundo tempo, quando os visitantes empataram o jogo com Alexander Soerloth e arrancaram a igualdade por 1 a 1. Assim, os noruegueses foram aos 11 pontos na quarta posição e se mantiveram na briga por uma vaga na Eurocopa.

No próximo dia 15 de novembro, em confronto direto pela vice-liderança, romenos e suecos se enfrentam em Bucareste, enquanto a Noruega atuará em casa contra as Ilhas Faroe, que em outra partida desta terça-feira superou Malta por 1 a 0, em casa. Estes dois últimos países, já fora da luta por classificação, estão empatados na lanterna, com três pontos.

GRUPO D - Em outra partida do dia pelas Eliminatórias, a Suíça superou a Irlanda por 2 a 0, em Genebra, e se manteve viva na briga por uma vaga na Europa. O resultado em casa, garantido com gols de Haris Seferovic e Shane Duffy (contra), levou os suíços aos 11 pontos na terceira posição do Grupo F, ficando agora apenas um atrás dos próprios irlandeses, líderes da chave, e da Dinamarca, vice-líder.

Em outro jogo desta terça-feira por esta chave, a Geórgia bateu Gibraltar por 3 a 2, como visitante, e chegou aos oito pontos na quarta colocação, mas terá apenas mais um jogo a disputar nesta chave, no dia 15 de novembro, contra a Suíça, fora de casa. Depois disso, no dia 18, os suíços atuarão como visitantes diante de Gibraltar, esta ainda sem pontuar e fora da luta para ir à Euro. E no dia 18, pela rodada final da chave, os irlandeses e a Dinamarca medirão forças em confronto decisivo em Dublin.