Esporte

Exemplo para os mais jovens, atletas de ponta falam da importância dos Jogos Escolares da Juventude

Os Jogos Escolares da Juventude Curitiba 2017 têm início nesta terça-feira, dia 12.

Ícones do esporte brasileiro, Emanuel Rego, Etiene Medeiros, Fabiana Murer e Tiago Camilo voltaram no tempo e lembraram com carinho da época em que eram estudantes. Embaixadores dos Jogos Escolares da Juventude, eles vão acompanhar de perto a etapa de 12 a 14 anos que começa nesta terça-feira, dia 12, em Curitiba (PR). Todos garantiram que vão se empenhar ao máximo para incentivar a garotada a continuar perseguindo o sonho de representar o Brasil no esporte internacional.

Os Jogos Escolares da Juventude Curitiba 2017 são a maior competição estudantil já realizada no Brasil. No total, 4.043 alunos-atletas de 1.401 escolas de todo o Brasil (515 escolas estaduais, 334 municipais e 552 escolas privadas representadas) confirmaram presença no evento. São 523 técnicos/professores de educação física, 166 dirigentes, 412 árbitros, 100 pessoas no Comitê Organizador, 360 voluntários e 150 no apoio; 475 cidades brasileiras com representantes no evento, o que corresponde a cerca de 10% dos municípios brasileiros. Todos os participantes estão em 22 hotéis da cidade, totalizando 29 mil diárias e cerca de 60 mil refeições.

"Disputei os Jogos Escolares de 2004 a 2008, competições muito importantes na minha carreira. Foram experiências incríveis que ajudaram muito a me tornar uma atleta de alto rendimento. Hoje estou super feliz porque adoro esse contato com a garotada, olhar nos olhos deles e ver a paixão que eles têm pelo esporte. Ser atleta de ponta não é fácil, é um sonho que aos poucos vai se tornando realidade", disse Etiene Medeiros, que representou os colégios CPI e Boa Viagem, de Recife, nos Jogos Escolares.

Primeira brasileira a ganhar uma medalha em um Mundial Júnior, primeira a ganhar uma medalha em Mundial adulto, primeira a bater um recorde mundial em piscina curta e primeira mulher medalha de ouro em Jogos Pan-americanos, Etiene Medeiros se tornou recentemente a primeira mulher brasileira campeã mundial. Em julho, ela venceu os 50m costas no Mundial de Budapeste de piscina curta e mais uma vez fez história.

Fabiana Murer, campeã mundial de salto com vara em Daegu 2011, vice-campeã em Pequim 2015 e medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos Rio 2007, abre um largo sorriso no rosto ao falar sobre os Jogos Escolares. "Um prazer estar mais uma vez aqui. Acho importante participar, incentivar a garotada. Vejo as carinhas de felicidade por ver de perto seus ídolos. Sei que nem todos irão bem nessa competição, mas temos que saber conviver vitórias e derrotas, que fazem parte do nosso dia a dia", ensinou.

Campeão mundial de judô e duas vezes medalhista olímpico (prata em Sydney 2000 e bronze em Pequim 2008), Tiago Camilo venceu a sua primeira competição nacional em 1998, nos antigos Jogos da Juventude e conquistou assim a vaga para representar o Brasil no Mundial da Juventude, que naquele ano foi na Rússia e de lá trouxe a sua primeira medalha dourada.

"Quando eu era jovem me inspirei bastante nos judocas que faziam sucesso na época por isso eu sei da importância dos ídolos na carreira de qualquer atleta. Sempre acreditei que o esporte tem que estar em sintonia com a escola e a educação e é uma honra participar como Embaixador dos Jogos Escolares e poder ajudar um pouco nesse processo", afirmou Tiago.

"Eu também comecei na escola, mas na minha época era bem diferente do que é hoje. As disputas eram entre seleções estaduais e não equipes e representantes de cada escola. Isso fez com que a competição crescesse e se tornasse esse evento grandioso que é hoje. Como Embaixador eu quero passar o exemplo que os esportistas devem ser, com muita ética e igualdade", disse Emanuel Rego, três vezes medalhista olímpico de vôlei de praia (ouro em Atenas 2004, prata em Londres 2012 e bronze em Pequim 2008).

Os quatro atletas participaram de uma entrevista coletiva sobre os Jogos, que contou ainda com o gerente geral de Juventude do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e diretor geral dos Jogos Escolares da Juventude, Edgar Hubner; o secretário municipal de Esportes, Lazer e Juventude, Marcello Richa; e o secretário de Esporte e Turismo do Estado do Paraná, Douglas Fabrício.

"Recebemos todos com muito carinho. Essa competição é muito importante para o Paraná, ajuda a gerar emprego, renda. O esporte movimenta o turismo e tem muito valor na vida de todos, sempre trazendo muito orgulho para nós brasileiros", disse Douglas. "O esporte é uma importante ferramenta de inclusão. É uma honra, um orgulho enorme receber jovens de todo o Brasil", afirmou Marcello.

Todos os atletas que disputam os Jogos Escolares da Juventude Curitiba 2017 já podem ser considerados campeões, afinal, para disputar a competição eles venceram as seletivas municipais e estaduais e conquistaram a vaga para a etapa nacional. Os 13 esportes que compõem o cronograma dos Jogos Escolares são: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez.

"A meta é continuar crescendo e para isso temos que disseminar o projeto através da valorização do profissional de Educação Física. Eles têm uma função primordial na inserção dos jovens no esporte e devem ter todas as condições para educar seus alunos. O esporte como ferramenta de transformação social é o principal pilar dos Jogos Escolares", declarou Edgar Hubner, gerente geral dos Jogos.

Técnicos de seleções de base, olheiros das confederações e de clubes também marcam presença no evento. Para enriquecer ainda mais a experiência dos atletas nos Jogos Escolares da Juventude 2017, estão previstas atividades sociais e de entretenimento, que serão realizadas durante todo o período do evento, nos horários de almoço e jantar. O Centro de Convivência, localizado no ginásio do Tarumã, funciona como uma verdadeira Vila Olímpica.

O Programa Educativo e Cultural oferece ações para os alunos atletas e para alunos das escolas da cidade sede. Os objetivos do programa são: promover a integração entre os atletas participantes, envolver os alunos das escolas da cidade sede no evento e promover os Valores Olímpicos: amizade, excelência e respeito. Ações de Sustentabilidade também estão presentes nos Jogos Escolares da Juventude.

Os Embaixadores dos Jogos Escolares já estão com a agenda cheia. Além da presença nas competições, eles também farão suas refeições no Centro de Convivência, entregarão as medalhas no pódio e muito mais. Jéssica Maier, da ginástica rítmica, por exemplo, fará uma apresentação especial no ginásio 2 da SEET, no dia 15, a partir das 17 horas, após a ginástica de gala. Momentos eu se tornarão inesquecíveis na vida dos futuros astros do esporte brasileiro.

A cerimônia de abertura dos Jogos será realizada na noite desta terça, dia 12, no Ginásio do Círculo Militar, em Curitiba. De amanhã até sexta serão disputadas as nove modalidades individuais. Do domingo, dia 17, até a quinta, 21, é a vez das modalidades coletivas.