Região

Feriadão da Independência atrai mais de 35 mil visitantes às Cataratas do Iguaçu

O número de turistas que visitaram o Parque Nacional do Iguaçu (PNI) foi 20,4% maior do que em 2015, quando houve o último feriadão da Independência. No ano passado, o feriado caiu em uma quarta-feira. Neste ano, 35.337 pessoas passaram pelas Cataratas do Iguaçu entre quinta (7) e domingo (10), contra 29.344 em 2015, entre os dias 4 e07 de setembro.

De acordo com dados do PNI, a maior visitação neste feriado prolongado foi registrada no sábado (9), quando 11.183 pessoas estiveram no atrativo. Neste dia, a direção da unidade iniciou o atendimento uma hora antes, às 8h, encerrando as atividades às 17h. Na última sexta (8), foi contabilizada a entrada de 10.308 visitantes, a segunda melhor marca neste período.

Mantida a tendência de crescimento verificada de janeiro a agosto, o Parque Nacional do Iguaçu deverá bater um novo recorde de visitantes pelo lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu, com mais de 1,8 milhão de pessoas. Lado argentino deverá ultrapassar 1,5 milhão de visitantes.

"Feriadão da Independência foi excepcional em número de visitantes, tanto dos que vieram a lazer, com seus familiares, como os que vieram participar dos eventos marcados para essa data. Fechamos o feriadão com ocupação máxima em nossos hotéis. Agora, a meta é fechar o mês de setembro com a maior movimentação da história para essa época do ano”, afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos Gilmar Piolla.

 

HOTELARIA 100%

A rede hoteleira comemorou o movimento com praticamente 100% de ocupação no feriado, conforme o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu e Região (Sindhoteis).

Segundo Carlos Silva, presidente do Sindhoteis, “além da qualidade dos seus atrativos turísticos, Foz do Iguaçu oferece hotéis para todos os padrões, com uma tarifa diária muito competitiva, sendo atraente também pela diversidade e qualidade de serviços de hospedagem e alimentação”, afirma o presidente do Sindhoteis, que responde também pela presidência do Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu, o Fundo Iguaçu.