Esporte

Goiás vence com gol no fim e interrompe sequência positiva do Botafogo

O Goiás emplacou a sua segunda vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro. Com gol de Kayke, no fim do segundo tempo, o time venceu o Botafogo, neste domingo, por 1 a 0, no estádio Serra Dourada, pela quinta rodada da competição.

Kayke, ex-Flamengo, precisou de apenas 11 minutos em campo para ajudar o Goiás a somar mais três pontos. Ele entrou no lugar de Júnior Brandão, pouco efetivo no setor ofensivo. Com o resultado, os goianos agora somam nove pontos e aparecem na sexta colocação.

Já o Botafogo, que vinha de três vitórias consecutivas - Bahia (3 a 2, em casa), Fortaleza (1 a 0, em casa) e Fluminense (1 a 0, fora de casa) -, também ficou com nove pontos, mas caiu para o sétimo lugar devido ao saldo de gols pior: 1 a 0.

O primeiro tempo teve muita posse de bola e poucas chances criadas pelos times para alterar o placar. O Goiás apresentou maior volume de jogo e até por isso chegou mais vezes à área do Botafogo. Na melhor oportunidade, aos 24 minutos, Michael tentou cruzar e a bola bateu no travessão. No rebote, Leandro Barcia finalizou para fora.

Na etapa final, os times voltaram a apresentar pouco repertório para mudar o resultado da partida. O Goiás, porém, contou com o centroavante Kayke, que saiu do banco de reservas, para balançar as redes. Aos 41 minutos, Yago Felipe cruzou da direita e o atacante cabeceou com categoria.

Atrás no placar, o Botafogo ainda tentou o empate aos 45 minutos, quando Igor Cássio cruzou e o jovem Jonathan cabeceou rente à trave do goleiro Tadeu, mas não deu sorte.

O Botafogo volta a campo no sábado, para enfrentar o Palmeiras, às 16 horas, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Enquanto isso, o Goiás só vai jogar no dia 27, visitará o CSA, às 20 horas, no estádio Rei Pelé, em Alagoas.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 X 0 BOTAFOGO

GOIÁS - Tadeu; Daniel Guedes, David Duarte, Yago e Jefferson; Geovane, Léo Sena (Yago Felipe) e Giovanni Augusto (Marlone); Michael, Júnior Brandão (Kayke) e Leandro Barcia. Técnico: Claudinei Oliveira.

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Fernando, Joel Carli, Gabriel e Jonathan; Gustavo Bochecha, Alex Santana (Luiz Fernando), Cícero e João Paulo (Rodrigo Pimpão); Erik e Diego Souza (Igor Cássio). Técnico: Eduardo Barroca.

GOL - Kayke, aos 41 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

CARTÕES AMARELOS - Júnior Brandão (Goiás); Joel Carli, Alex Santana e Igor Cássio (Botafogo).

RENDA - R$ 336.265,00.

PÚBLICO - 14.372 pagantes (16.347 total).

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).