Esporte

Kane volta com gol, mas Tottenham é batido pelo Burnley e perde embalo no Inglês

De volta ao Tottenham após ficar 40 dias sem jogar por causa de uma lesão nos ligamentos do tornozelo esquerdo, Harry Kane retornou aos gramados com gol neste sábado, mas o seu time acabou sendo derrotado pelo Burnley por 2 a 1, fora de casa, pela 27ª rodada do Campeonato Inglês.

O atacante da seleção inglesa não atuava desde o dia 13 de janeiro, quando se machucou em partida contra o Manchester United. E ele mostrou que está plenamente recuperado do problema e comprovou a sua condição de goleador por pelo menos uma vez no duelo.

Porém, o Burnley soube fazer valer o fator campo e respirou ao voltar a se distanciar da zona de rebaixamento, com 30 pontos, assumindo a 13ª posição. Primeiro time na área de descenso à segunda divisão inglesa, o Southampton tem 24 pontos no 18º lugar.

O triunfo expressivo do Burnley também freou o embalo do Tottenham, que vinha de quatro vitórias consecutivas e jogava para se aproximar de Manchester City e Liverpool, respectivos líder e vice-líder, ambos com 65 pontos. Terceiro colocado, o time de Londres estacionou nos 60 pontos e se manteve longe da disputa direta pelo título.

Ao balançar as redes neste sábado, Kane se igualou a Pierre-Emerick Aubameyang, do Arsenal, na vice-artilharia do Inglês, com 15 gols cada. Sergio Agüero (Manchester City) e Mohamed Salah (Liverpool), empatados com 17, dividem o topo da lista de goleadores.

Kane também agora acumula 21 gols ao total nesta temporada europeia, mas viu o Burnley encerrar um jejum de nove partidas sem conseguir bater o Tottenham. O fim deste jejum contra a equipe londrina começou a se tornar realidade aos 12 minutos do segundo tempo, quando Chris Wood desviou de cabeça um escanteio batido pela direita e viu a bola tocar no travessão antes de entrar no gol.

Pouco depois, aos 20, os visitantes aproveitaram um vacilo de marcação da zaga do Burnley para empatar o jogo. Danny Rose cobrou um lateral ainda no meio de campo e conseguiu deixar Kane na cara do gol. O atacante recebeu nas costas dos defensores e finalizou com tranquilidade na saída do goleiro Tom Heaton para deixar tudo igual.

Entretanto, o que parecia se desenhar como uma possível virada do Tottenham mudou de figura aos 38 minutos, quando Ashley Barnes completou para as redes de Hugo Lloris um chute cruzado da esquerda em uma jogada na qual a zaga da equipe de Mauricio Pochettino falhou ao permitir que o atacante recebesse a bola nas costas dos defensores, na entrada da pequena área.