Economia

Mattar prevê entre R$ 80 bi e R$ 100 bi em desestatizações em 2019

Em apresentação a empresários, o secretário especial de Desestatização e Desinvestimento, do Ministério da Economia, Salim Mattar, afirmou nesta quinta-feira, 27,, em São Paulo, que o governo deve arrecadar de R$ 80 bilhões a R$ 100 bilhões em 2019 com desestatizações, bem acima da meta do governo, de R$ 20 bilhões.

Segundo ele, no acumulado do ano já foram arrecadados R$ 12,9 bilhões. Em apresentação feita há um mês, ele havia falado em R$ 12,1 bilhões.

Mattar também disse, em resposta a pergunta de um participante do evento, que a tendência é fechar o BNDESPar. "Enquanto tivermos pobre na rua, não temos o direito de ter uma empresa de participações, temos de zelar pela qualidade de vida do cidadão", afirmou. "O BNDES não empresta mais para empresas grandes, porque não precisam, não se justifica", acrescentou.