Região

No aniversário de 85 anos do Crea-PR, Cascavel vai ganhar nova sede

Inovação. Essa é a palavra que define os novos rumos do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), no seu aniversário de 85 anos, comemorado em 11 de junho. Assim como nas demais instituições, empresas e marcas, o desafio do momento no Conselho é encontrar formas de manter sua pertinência e relevância em um novo cenário nacional, que engloba a implementação de novidades tecnológicas, a agilidade e a simplificação de processos.

Referência nacional em eficiência, gestão e qualidade, o principal desafio do Crea-PR é ingressar nos 85 anos mantendo o seu padrão de excelência, buscando sempre o aprimoramento para uma prestação de serviços assertivos para a sociedade.

E um bom exemplo dos novos rumos do Crea-PR para 2019 é o projeto de construção da nova sede da Regional Cascavel. O presidente do Crea-PR Ricardo Rocha comemora o andamento do projeto. “Após muita espera o projeto vai sair do papel e em breve se tornará realidade para atender ainda melhor os engenheiros de toda a região Oeste do Estado”, afirma.

A sede Regional Cascavel conta com 336 metros quadrados, porém, esse prédio de quase 40 anos será demolido e dará lugar a um novo, com área triplicada, passando para quase mil metros quadrados de área construída. A estrutura fica nas esquinas das ruas Rio Grande do Sul com a rua Presidente Bernardes, no centro da cidade. No local haverá um subsolo para estacionamento, térreo, auditório para 86 lugares e área ampla de vivência no piso superior. O investimento chega a três milhões de reais.

 

AUTOSSUSTENTABILIDADE E ACESSIBILIDADE - A nova sede do Crea-PR em Cascavel pretende ser exemplo para a cidade e região em termos de sustentabilidade. O novo prédio será totalmente autossustentável. O projeto conta com um moderno sistema solar fotovoltaico que irá gerar sua própria energia para consumo. Esse sistema terá ainda a certificação Procel, que é um selo de qualidade que comprova o uso eficiente da energia elétrica, o combate ao desperdício e a adoção de hábitos de consumo conscientes.

Outro detalhe pensado no projeto da nova sede que vai proporcionar mais conforto aos colaboradores, Engenheiros e visitantes, é a questão da acessibilidade. Toda a estrutura do novo prédio será acessível de acordo com a legislação e normas vigentes como elevadores nos estacionamentos e acessibilidade nos banheiros, auditório e áreas comuns. Tudo pensado para garantir a segurança e o conforto a idosos e pessoas com deficiência.

 

MEIO AMBIENTE - No projeto da nova sede um outro ponto voltado ao meio ambiente chama a atenção:  é a “parede verde”. De acordo com pesquisas, os jardins verticais proporcionam inúmeros benefícios. Além de chamar a atenção pela beleza imponente, reduzem os efeitos das ilhas de calor urbanas e da poluição atmosférica, limpando o ar externo de poluentes e poeiras, ajudando a neutralizar os índices de carbono resultantes das emissões de combustível.

As plantas também melhoram a qualidade do ar interno e atuam como uma barreira natural de isolamento acústico. A superfície verde bloqueia sons de alta e até mesmo de baixa frequência. Além disso, os jardins verticais aumentam a biodiversidade criando habitats para aves e inseto, além de reduzir o stress e proporcionar bem-estar aos humanos. A “parede verde” da nova sede do Crea em Cascavel vai proporcionar todos esses benefícios além de trazer a beleza da natureza para o centro da cidade.

Ainda sobre consciência ambiental, o projeto conta com um sistema de captação da água da chuva para reaproveitamento. Em tempos de crise hídrica, essa é uma maneira altamente sustentável de economizar água para fins não potáveis. O novo prédio vai aproveitar a água da chuva, por exemplo, para irrigação de áreas verdes, limpeza de pisos e uso para descarga em vasos sanitários.

 

BEM-ESTAR - Pensando no bem-estar dos seus colaboradores, engenheiros e visitantes, haverá um espaço de vivência amplo e agradável na parte superior do prédio para momentos de lazer e descanso. O espaço vai contar com vestiários, banheiros, refeitório, área de vivência e descanso, tudo dentro do que orienta a atual legislação.

No auditório serão ministradas palestras, cursos e eventos voltados para a discussão da profissão, a valorização profissional e a fiscalização dos Conselhos das diversas áreas das engenharias.

O gerente do Crea-PR Regional Cascavel Geraldo Canci afirma que o projeto está pronto e a intenção é começar as obras no início do ano que vem. “Estamos aguardando as certificações. Dentro de no máximo 120 dias iniciaremos o processo de licitação para começarmos a obra no início de 2020. E como essa é uma obra complexa e inovadora, acreditamos que dentro de um ano e meio estaremos inaugurando a nossa nova sede”, explica.