Esporte

Novamente sem Fred ao lado dos companheiros, seleção faz treino fechado em Sochi

Novamente sem a presença do volante Fred, que fez um treino em outro campo, acompanhado pelo fisioterapeuta da seleção brasileira, Ricardo Sasaki, o grupo convocado por Tite voltou a treinar nesta quarta-feira em Sochi, em mais uma etapa da preparação para a Copa do Mundo.

O trabalho da tarde (no horário local) teve a presença da imprensa liberada por apenas 20 minutos. E neste período foi possível acompanhar apenas o aquecimento dos jogadores, além do começo do treino dos goleiros. Na sequência, porém, os jornalistas precisaram se retirar do local da atividade.

As marcações que os membros da comissão técnica realizavam davam a indicação de que Tite realizaria um trabalho tático, de movimentação ofensiva e em campo reduzido, naquele que foi o primeiro trabalho, de fato, dos titulares, na Rússia para o Mundial - na segunda-feira, eles apenas se aqueceram no gramado, na atividade aberta ao público no Estádio Slava Metreveli.

Enquanto isso, Fred, que lesionou o tornozelo direito na última quinta-feira, após sofrer entrada dura de Casemiro durante treino, voltou a não participar da atividade com os seus companheiros. O jogador do Shakhtar Donetsk trabalhou em outro campo com um dos fisioterapeutas da seleção e continua com a situação incerta.

No campo onde o grupo trabalhava, havia um espaço reservado para amigos e familiares dos jogadores da seleção acompanharem a atividade. Além disso, de um hotel nas proximidades do campo, algumas pessoas chegaram a acompanhar o começo do treinamento.

Na atividade da manhã desta quinta, de acordo com informações divulgadas pela CBF, apenas os goleiros trabalharam no campo. Já os demais jogadores do elenco do Brasil fizeram um treino físico na academia do luxuoso hotel onde a seleção está hospedada em Sochi. O time nacional voltará a treinar na tarde de quinta (no horário local), em mais uma atividade com apenas 20 minutos abertos à imprensa. A seleção faz a sua estreia na Rússia no domingo, em Rostov, contra a Suíça.