Esporte

Obras avançam no Centro de Treinamento do Operário

(Foto: José Tramontin/OFEC )

A construção do primeiro campo do Centro de Treinamento do Operário Ferroviário, iniciada em janeiro de 2019, está prevista para ser finalizada em aproximadamente 90 dias. A obra, que está sendo feita no Campus Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), é resultado de um convênio do Operário com a UEPG, que pretende fortalecer a parceria entre o clube e a instituição. A Prefeitura de Ponta Grossa também participa do processo, realizando a terraplanagem dos campos e o caminho de acesso ao CT.

O diretor de patrimônio do Grupo Gestor do Operário Ferroviário, Luiz Alci Menezes, explica o que foi instalado no Campo 1 até o momento. “Já foi feito um acesso com revestimento primário, foi retirada toda a parte vegetal e colocados 15 centímetros de areia. Em seguida, será feita a irrigação e a parte de plantio de grama. Paralelo a isso, está correndo o processo do poço artesiano que vai ser executado próximo aos quatro campos para a irrigação da grama.”, afirma.

Da estrutura da universidade, o Operário vai utilizar o vestiário, que será reformado para a equipe profissional, a academia, o ginásio, o campo de futebol suíço e a piscina, que pertecem ao curso de Educação Física. Após a liberação do primeiro campo, a previsão é de que os Campos 2, 3 e 4 sejam inaugurados com defasagem de 60 dias entre cada um.

De acordo com Carlos Maurício Zaremba, administrador da Coordenadoria de Desportos e Recreaçãos da UEPG (CDR-UEPG), a parceria entre o Fantasma e a UEPG, com uma equipe de futebol profissional treinando no espaço da universidade, gera possibilidades de pesquisas e projetos de extensão que envolvem toda a universidade, podendo contribuir para diversas áreas além do esporte, como a economia e o turismo. “Além de auxiliar na formação dos alunos, tudo o que for feito pela universidade a partir do CT será divulgado para a comunidade, o que é uma boa forma de oferecer conhecimento”.