Região

Proerd forma 77 alunos da rede municipal de Maripá

Os alunos realizaram o juramento, assumindo o compromisso de dizer não às drogas e à violência e receberam o Certificado (Foto: Divulgação)

O retorno do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) permitiu a formação de mais 77 crianças das escolas municipais de Maripá.

Desenvolvido pela Polícia Militar, por meio do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária de Toledo, o programa reúne o esforço cooperativo entre a Escola, a Polícia Militar e a Família atuando no combate e prevenção às drogas e à violência. A formatura dos proerdianos foi realizada na terça-feira (5), no Centro de Eventos com a presença dos alunos, familiares, policiais militares e autoridades locais. O evento contou apresentação cultural do Coral Municipal.

A ação atendeu estudantes do 5º ano do ensino fundamental das três escolas municipais. Cada aluno recebeu uma apostila contendo dez lições que buscam, entre outros fatores, desenvolver habilidades de autoconhecimento e autocontrole emocional, além de orientar na tomada de decisões responsáveis.

“É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança”. O provérbio africano foi citado pela secretária de Educação, Cultura e Desporto Janaína Müller Geraldi, ao ressaltar o trabalho conjunto entre Polícia Militar, Escola e Família para a formação de um cidadão responsável e consciente. “O Proerd é um programa de prevenção fantástico que orienta a criança e a forma para que seja protagonista da sua história, para que saiba fazer escolhas responsáveis, principalmente, no que se refere ao envolvimento com drogas e violências. São lições que serão levadas para todas as etapas da vida”, destacou.

Os alunos foram instruídos pelo cabo Nelson Bresolin. “Ao final de mais um período do Proerd, o que queremos que os alunos levem de aprendizado é o respeito aos pais, que sejam capazes de dizer não a pressões de outras pessoas e a sempre se manter longe das drogas e das violências. É gratificante voltar a Maripá para retomar esse projeto tão importante e poder contribuir com o desenvolvimento de cidadãos de bem”, ressalta o policial.

Durante a formatura, os alunos realizaram o juramento, assumindo o compromisso de dizer não às drogas e à violência e receberam o Certificado do Programa Proerd.