Estado

Provas do Encceja para privados de liberdade acontecem nos próximos dias em todo o Paraná

(Foto: Divulgação)

Mais de 5 mil custodiados pelo Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) em todo o Paraná farão a prova do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), para a conclusão dos ensinos fundamental e médio, nesta terça e quarta-feira (08 e 09/10), em 46 unidades vinculadas ao Depen.  

De acordo com o diretor-geral do Depen, delegado Francisco Alberto Caricati, o Depen do Paraná está focado na reinserção do preso na comunidade por meio da profissionalização. “Precisamos entregar à sociedade uma pessoa muito melhor do que recebemos. Entendemos que a educação e o trabalho são a base para que isto ocorra. O Encceja vem para contribuir e fortalecer o trabalho de educação nos presídios”, destaca.

Para a chefe do Setor de Educação do Depen, Janaína Luz, esta categoria do Encceja “propicia às pessoas privadas de liberdade e que não concluíram a Educação Básica, a possibilidade de corrigir o déficit educacional, pois esse exame oportuniza a continuidade dos estudos, elevando o nível de escolaridade e possibilitando maiores perspectivas de mudanças de vida após sair do Sistema Prisional."

Aplicada a partir das 8h, os 5.116 presos farão os exames em unidades prisionais (41), o que inclui cadeias públicas, escritórios sociais (2), Associação de Assistência aos Condenados (APAC - 2) e em um patronato social, o de Cascavel, onde há 80 inscritos. Estes candidatos farão o teste no Patronato Penitenciário de Cascavel, que fica no segundo piso do Terminal Rodoviário, na Avenida Assunção, nº 1757, Bairro Alto Alegre.

“Oferecer acesso à recursos básicos como a educação, contribui com esse processo [de facilitar a inclusão do egresso no mercado de trabalho]”, ressalta o diretor do Patronato, Rubens Cabrera.

Para os concluintes do do ensino fundamental, o teste será realizado nesta terça-feira (08/10), e deverão ser aprovados e demonstrar conhecimentos em Ciências Naturais, Matemática, Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação, além de História e Geografia.

Os concluintes do Ensino Médio, que farão o teste no dia seguinte, quarta-feira (09/10), deverão responder questões de Química, Física, Biologia, Matemática, Linguagens e Códigos, História, Geografia, Filosofia e Sociologia, além de Redação, Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Assim como toda prova ou teste de seleção, é preciso que os candidatos estejam atentos ao horário de início. “Em ambas as provas é necessário que o candidato chegue com pelo menos 20 minutos de antecedência. Em caso de dúvida nosso telefone para contato é o (45) 3326-6791”, informa pedagogo do Patronato, Márcio Issler.

O Encceja é aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para aferir competências, habilidades e saberes de jovens e adultos que não concluíram o Ensino Fundamental ou Ensino Médio na idade adequada.

AULÕES – Uma parceria do Depen com a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) possibilitou que cerca de 100 presos, egressos e monitorados do Sistema Penitenciário em Cascavel e de Toledo pudessem participar de aulões com conteúdo especificamente elaborado para a realização da prova e ministrados por professores da Unioeste.

Ao todo, participaram ao menos 20 presos em Toledo de Toledo e 80 egressos e monitorados em Cascavel.