Esporte

Rali de regularidade Mitsubishi Motorsports vai ao Nordeste pela 1ª vez no ano

Gravatá, conhecida como a Suíça Pernambucana, recebe a prova no dia 26 de maio; inscrições estão abertas via internet.
Gravatá recebe o Mitsubishi Motorsports no dia 26 (Foto: Ricardo Leizer/Mitsubishi)

A charmosa cidade de Gravatá (PE), a apenas 80 km de Recife, receberá a primeira etapa no Nordeste do rali de regularidade Mitsubishi Motorsports 2018. A disputa será no dia 26 de maio e as inscrições estão abertas no site www.mitsubishimotors.com.br. Para participar basta doar uma cesta básica e seis produtos de higiene pessoal.

Conhecida como a Suíça Pernambucana, graças às temperaturas médias mais baixas que o restante do Estado e também à arquitetura com seu estilo alpino, a cidade, localização no Planalto da Borborema, é destaque como polo turístico, gastronômico e moveleiro.

“Estamos muito felizes de voltar a Gravatá. A região tem um relevo fascinante, perfeito para o off-road. Será uma prova repleta de belezas naturais em um fim de semana de muita descontração para amigos e famílias”, afirma Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

Não é necessário ter experiência, nem carros preparados para participar da prova. O objetivo da prova é manter-se dentro do tempo e velocidade estipulados pela organização. Na véspera do evento é realizado um briefing com todas as informações e explicações do trajeto.

Podem participar os modelos 4x4 das linhas L200, Pajero e ASX e as inscrições podem ser feitas no site. Não é cobrada nenhuma taxa e cada carro faz a doação de uma cesta básica e seis produtos de higiene, que são destinados a entidades assistenciais da região.

“Viajamos o Brasil inteiro para participar do Mitsubishi Motorsports porque é muito bom fazer isso, é nossa paixão, a válvula de escape. É um prazer participar”, afirma a navegadora Debora Bonatti.

 

Percurso por belas paisagens

A largada e chegada da prova serão no Hotel Canariu's e as categorias terão percursos diferentes. A Master, Graduados e Turismo, destinadas às duplas mais experientes, seguirão por uma fazenda com muitos balaios, lama e trilha estreita. Um dos destaques é a passagem por uma pedreira. “O trecho promete empolgar mais ainda os participantes, pois teremos laços com médias bem justas. Os navegadores serão as grandes estrelas da prova e serão os responsáveis pela performance de seus pilotos”, garante Lourival Roldan, diretor técnico da prova.

Na parte final, os competidores passarão por trilhas de mata fechada com grandes lajes e gigantescos mandacarus. Ainda subirão e descerão serras com estradas estreitas e sinuosas passando pela margem de belas plantações de abacaxi, finalizando a prova com cerca de 160 quilômetros.

Já para quem tem pouca experiência ou está indo pela primeira vez, a Turismo Light iniciará a prova pelo lado sul de Gravatá, passando por uma bela e bem cuidada estrada municipal, mostrando a riqueza da região. Depois entram em estradas estreitas com piso de areia, lajes e também sobem a um ponto alto da região com uma paisagem incrível, percorrendo municípios como Sairé, Bezerros e Passira, totalizando cerca de 130 quilômetros de percurso.

“Nos programamos para participar das etapas. É algo para a família e nós gostamos muito de competir”, comenta Agnaldo Garcez, que ao lado da esposa Selly e da filha Aline, participa na categoria ASX. “O carro é fantástico, ele encara lama, estrada e cidade sem problemas. Vale muito a pena”.