Toledo

Regional reúne profissionais de saúde para discutir sobre mortalidade infantil e materna

A equipe apresentou os dados de mortalidade e discutiu com os participantes ações para reduzir esses números (Foto: Franciele Mota)

A 20ª Regional de Saúde de Toledo (RS) realizou na tarde da última quarta-feira (7) no auditório da Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR), campus Toledo, um encontro com conselheiros municipais de saúde, equipes da Pastoral da Criança, agentes comunitários de saúde, profissionais de saúde e o público em geral para tratar sobre mortalidade infantil e materna.

O evento reuniu mais de 100 pessoas dos 18 municípios da 20ª RS e é uma continuação de uma capacitação realizada na terça-feira (6) sobre Protocolo Regional de Atendimento às Gestantes para às equipes das vigilâncias sanitárias e epidemiológicas.

Na ocasião foi discutido com o público presente os dados de mortalidade infantil e materna na 20ª RS. “Nós vamos dar abordagem do assunto com dados e falar os nosso problemas, no sentido do que podemos fazer para reduzir a mortalidade infantil com campanha de conscientização”, conta a diretora da 20ª RS Nissandra Karsten.

Ela enfatiza que essa abordagem será uma forma de pedido de ajuda e como o controle social pode ajudar também nesse sentido. A discussão do tema foi ancorado pela Nissandra juntamente com a coordenadora de apoio ao controle social Vania Frigott. “Nesse encontro vamos trazer quais os pontos que observamos que são concernente e, com o paciente e a família, onde podemos ter uma intervenção. Vamos unir esforços em prol da redução de mortalidade infantil e materna”, esclarece Nissandra.

Ao final, o encontro deliberou que cada membro vai fazer uma discussão no seu conselho ou pastoral e entregar um plano de ação até o dia 15 para coordenadora de apoio ao controle social.