Variedades

Renata Spallicci, a "Executiva Sarada", realiza ação de Páscoa com o projeto 'Fit do Bem'

(Foto: Thaiz Cardoso/MF Press Global)

Renata Spallicci, que sofria bullying na infância e hoje é chamada de "Executiva Sarada" por seu corpo impecável, é atleta profissional WBFF, executiva, blogueira, escritora, empreendedora e coach. Responsável pelo projeto social 'Fit do Bem', ela realizou a 'Ação da Páscoa' com as Ongs de Paraisópolis, em São Paulo. A morena de 35 anos entregou 200 doações de chocolate e colomba pascal para crianças e jovens da comunidade da zona sul da capital paulista.

O projeto Fit do Bem é um movimento criado para inspirar pessoas pela busca de uma vida plena, mais saudável e com propósitos. O objetivo do projeto é unir pessoas que compartilham de um mesmo estilo de vida por uma causa social. Por isso o projeto social de Renata Spallicci tem como prioridade beneficiar projetos sociais das regiões do Morumbi e Panamby. A Ong Pró-Saber SP é uma organização da sociedade civil que tem como missão oferecer educação de qualidade para crianças e jovens da comunidade de Paraisópolis através de um programa de educação integral. E o ballet de Paraisópolis é um projeto totalmente gratuito de forte ação social na comunidade de Paraisópolis com objetivo de desenvolver curso de ballet clássico gratuito para crianças carentes a partir dos oito anos de idade.

 

Coach sofreu bullying no passado

Renata Spallicci conta como a nerd gordinha se tornou campeã fitness do WBFF (World Beauty Fitness & Fashion): "Quem olha para mim hoje jamais imagina que sofri bullying, aquelas brincadeiras e apelidos desagradáveis que nos cercam geralmente por algum 'defeito' que temos. Nunca me encontrei no padrão de beleza imposto pela sociedade. Meus cabelos encaracolados e meus quilos a mais incomodavam meus colegas que reagiam com ofensas e brincadeiras ruins. Vivi uma pré-adolescência conturbada pois os 15 minutos de intervalo da escola era um verdadeiro tormento para quem tinha que conviver com essa situação. As provocações eram tão dolorosas que cheguei a pedir ao meu pai que me trocasse de escola pois não aguentava os desrespeitos diários. Foram essas frustações que me impulsionaram a mudar minha vida e agir de maneira diferente tendo força para correr atrás dos meus objetivos e me tornar uma pessoa mais forte".

"Após a faculdade comecei a praticar musculação apenas como lazer. Entretanto, me identifiquei com o esporte e resolvi me dedicar cada vez mais com esta atividade. Sempre admirei a Andreia Brazier, quatro vezes campeã mundial do WBFF, uma competição que tem como foco o lado fashion e glamoroso do mundo fitness. E foi a minha admiração pela campeã mundial e minha dedicação à musculação que me fizeram me preparar para o WBFF. A primeira vez que participei da competição consegui uma boa colocação e após isso comecei a me preparar cada vez mais e assim ganhando outros títulos. Hoje estou desempenhando um trabalho junto com a minha personal para competir no mundial que acontecerá em agosto deste ano", exalta a "Executiva Sarada".

"O bullying é um tema que temos que discutir e conversar com os jovens e as crianças. No 'Fit do Bem', projeto social que sou responsável, trabalho bastante esse tema para que os jovens que hoje fazem parte do programa se tornem adultos melhores. Esses momentos ruins causados pelo bullying devem ser revertidos em inspiração, força e fonte de energia para as pessoas crescerem cada vez mais e é isso que desenvolvemos no 'Fit do Bem'. Apesar do sofrimento que passei na minha pré-adolescência, consegui vencer e conquistar meus objetivos. Hoje sou empresária, atleta e influenciadora digital. Venci o bullying tornando-o estímulo para crescer em minha vida", conclui Renata Spallicci.