Esporte

Renê Júnior faz golaço, mas Avaí busca empate no fim com o Bahia em Salvador

O Avaí arrancou um empate importante fora de casa na noite deste domingo, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com um gol de Júnior Dutra aos 39 minutos do segundo tempo no estádio Pituaçu, em Salvador, o time catarinense ficou no 1 a 1 com o Bahia e manteve acesa a esperança de deixar a zona de rebaixamento. Do outro lado, o time da casa completou quatro jogos sem perder, mas não pôde comemorar, já que deixou escapar os três pontos diante de sua torcida.

Com o resultado, o Bahia perdeu uma posição e caiu para a 14.ª, com 16 pontos, e segue perto da área de risco da tabela. O Avaí agora é o primeiro dentro da zona de rebaixamento, com 13 pontos, na 17ª colocação, ultrapassando o São Paulo, que perdeu para a Chapecoense por 2 a 0, fora de casa, em outro duelo deste domingo.

Na partida entre Bahia e Avaí, logo nos primeiros minutos os dois times já mostraram que fariam um confronto equilibrado na capital baiana. O Avaí arriscava as jogadas de velocidade pelo meio, enquanto o Bahia insistia em cruzamentos para a grande área, principalmente pela ponta direita, com Eduardo. Com uma marcação mais forte, os baianos tomaram conta da posse de bola, mas tinham dificuldade para acertar as triangulações, o que tornou o jogo uma disputa entre ataque e defesa.

Até que duas oportunidades claras de gol mudaram o rumo da partida. Aos 25 minutos, Júnior Dutra recebeu pela direita, cruzou para a grande área na medida para Joel, que aproveitou um escorregão do zagueiro para cabecear firme e ver a bola passar rente a trave de Jean. Em resposta, aos 29, Eduardo fez linda jogada pela direita, tirou a marcação e cruzou rasteiro para Allione, que tentou mandar de letra, mas viu a bola explodir na trave.

No intervalo o técnico Jorginho sacou a dupla Régis e Allione, mexendo completamente no meio campo com a entrada de Vinícius e Gustavo Ferrareis. A torcida do Bahia não gostou das substituições, mas elas mexeram com a partida e o Avaí já não ficava mais com a bola. O time catarinense passou praticamente todo o segundo tempo apenas se defendendo, com o goleiro Douglas Friedrich em mais uma atuação de gala.

Até que tudo mudou aos 29 minutos. Vinícius mandou para Renê Júnior dentro da grande área e, mesmo no meio da fogueira, o meia conseguiu tirar a marcação de cabeça com um lindo chapéu em Betão e bateu por baixo do goleiro, abrindo o placar. O golaço acalmou a torcida, mas por pouco tempo. Aos 37 minutos, o Avaí cobrou um escanteio fechado, o goleiro Jean não afastou e Júnior Dutra apareceu no segundo pau para marcar mesmo após chegar a pegar mal na bola em uma tentativa de dar uma bicicleta. A bola ainda bateu em Rômulo antes de entrar.

O Avaí tem uma tarefa difícil na próxima quarta-feira, pela 15.ª rodada. Na Ressacada, em Florianópolis (SC), recebe o líder Corinthians, que ainda não perdeu na competição, às 21 horas. No mesmo dia, mas às 21h45, o Bahia vai até Belo Horizonte (MG) enfrentar o Atlético-MG na Arena Independência.

FICHA TÉCNICA:

BAHIA 1 X 1 AVAÍ

BAHIA - Jean; Eduardo, Éder, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Matheus Sales, Allione (Gustavo Ferrareis) e Régis (Vinícius); Mendoza (Junior Brumado) e João Paulo. Técnico: Jorginho.

AVAÍ - Douglas Friedrich; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Lucas Otávio (Lourenço), Wellington Simião e Pedro Castro; Junior Dutra, Joel (Willians) e Romulo (João Paulo). Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS - Renê Júnior, aos 29, e Júnior Dutra, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO).

CARTÕES AMARELOS - Renê Júnior e Feijão (Bahia).

RENDA - R$ 196.162,00.

PÚBLICO - 12.389 torcedores.

LOCAL - Estádio Pituaçu, em Salvador (BA).