Toledo

Reurbanização da Rua Cerro Corá trará mais qualidade vida para os moradores

A previsão é que a obra fique pronta em maio.
(Foto: Carlos Rodrigues)

Uma importante via da Vila Industrial de Toledo está sendo reurbanizada. As obras da Rua Cerro Corá irão melhorar a qualidade de vida e aumentar o conforto e a segurança dos moradores da região. O projeto prevê a execução de alargamento e recapeamento da rua, calçadas em paver, ciclovia em asfalto, meio-fio, galerias de drenagem de águas pluviais, entre outras benfeitorias, algumas aguardadas há anos pela comunidade.

Ao todo, serão investidos R$ 846.150,80 na via. Deste total, R$ 357.442,17 serão deduzidos da cobrança de contribuição de melhoria, pois se referem aos serviços de recapeamento asfáltico, drenagem superficial, sinalização viária e galerias de águas pluviais. A obra será executada com recursos da Agência Francesa de Desenvolvimento e o pagamento da contribuição de melhoria, será iniciado somente após a conclusão da obra.

Conforme o engenheiro da Empresa de Desenvolvimento Urbano e Rural de Toledo (Emdur), Rafael Schiavinato, até o momento 26% da obra foi concluída. A previsão é que termine no mês de maio. "A obra foi contratada no dia 3 de maio, mas o início efetivo dos serviços foi em outubro, pois ocorreu atraso na relocação da rede de energia elétrica que dependia da Copel".

No mês de dezembro, uma reunião com moradores redefiniu algumas alterações no projeto original. O trecho compreendido entre a Avenida Parigot de Souza e Rua Carlos Barbosa, com uma extensão de 720 metros precisou ser alterado, levando em consideração questões técnicas importantes.

Segundo o diretor de Planejamento Urbano, Lairton Utzig, foi verificado em conjunto com a empresa ganhadora da licitação a impossibilidade de executar de acordo com o projeto original em razão da posição de postes com transformadores de energia e de redes de telefonia, tais redes são subterrâneas e a suas alterações devido ao alargamento da pista acarretariam muitos transtornos para a população, pois a região ficaria sem energia elétrica e internet por vários dias. Dessa forma, foram realizadas alterações as quais não mudam as características originais do projeto em relação ao uso e o adéquam para otimizar a execução da obra.