Estado

Richa prestigia entrega de comenda ao ministro Edson Fachin

Ministro do STF Edson Fachin e o governador Beto Richa (Foto: AENotícias)

O governador Beto Richa participou nesta sexta-feira (9) da cerimônia de entrega da comenda Barão do Serro Azul 2017 ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin. A homenagem é concedida pela Associação Comercial do Paraná (ACP) a personalidades com destaque nos meios econômicos e sociais que tenham contribuído para o crescimento e valorização empresarial do Paraná. A cerimônia aconteceu no Graciosa Country Club, em Curitiba.

O governador ressaltou a contribuição do ministro ao Brasil e lembrou que ele é o primeiro jurista graduado por uma instituição de ensino paranaense a conquistar uma cadeira no STF. “O ministro Edson Fachin tem uma formação jurídica muito consistente. É um doutrinador do Direito que elevou ainda mais a qualidade do nível do Supremo Tribunal Federal”, afirmou.

O ministro destacaou sua relação de vida com o Paraná, ao afirmar que Curitiba o acolheu há 40 anos e que deu a ele uma nova certidão de nascimento. “A homenagem que a Associação Comercial me presta se dirige a rigor a todos aqueles que de alguma forma seguem o exemplo do Barão do Serro Azul, que é um paradigma aos paranaenses e ao Brasil”.

Ele enfatizou a necessidade da responsabilidade política com a democracia brasileira. Fachin defendeu a Constituição como elemento fundamental para o reencontro da sociedade com o Estado (governo federal) e afirmou não haver crise institucional no país desde que haja coerência, justiça e imparcialidade.

O presidente da ACP, Gláucio Geara, justificou a escolha de Fachin à condecoração pela sua trajetória jurídica e defesa da Constituição federal. “Seus feitos extrapolam os limites do estado em defesa aos direitos dos brasileiros. A sociedade confia na justiça”, disse.

Fachin é ministro do STF desde 2015, quando foi indicado ao cargo pela presidente Dilma Roussef. Assumiu a relatoria da Operação Lava Jato no STF depois da morte do relator Teori Zavascki, em fevereiro de 2017. É formado pela Universidade Federal do Paraná e teve uma notória passagem pelo Direito paranaense como professor da PUC- Paraná e UFPR.

 

PRESENÇAS

Também participaram da cerimônia o prefeito de Curitiba Rafael Greca; presidente do TRF-4, desembargador Carlos Eduardo Thompson; o procurador da República, Deltan Dallagnol; o juiz federal Sérgio Moro; o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche o presidente da APD, Adalberto Neto; o secretário de Estado do Planejamento e Coordenação, Geral Juraci Barbosa; e o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel.