Região

Rotary Guarani doa 35 livros para Escola Estadual do Campo Margarida

Os livros foram escolhidos pelos próprios alunos a partir de pesquisa feita pelos mesmos (Foto: Divulgação)

Setembro é o mês da Educação Básica e Alfabetização no calendário rotariano, aliado ao Dia Mundial da Alfabetização.

Na missão de promover e incentivar a educação, o Rotary Club de Marechal Cândido Rondon Guarani entregou no dia 5 a terceira remessa de obras literárias ao Colégio Estadual do Campo Margarida, do distrito de Vila Margarida, em Marechal Cândido Rondon.

Nessa remessa foram entregues 35 obras, conforme pedido da escola e disponibilidade dos títulos nas editoras.

A diretora da Escola, Dorotea Krummenauer, conta que o cotidiano escolar mudou significativamente com o incentivo. “O interesse pela leitura está grande. Após o recebimento da primeira remessa da doação, a procura é tão intensa que existe lista de espera por determinados títulos”, afirma ela.

Conforme a diretora, a doação foi significativa e importante para toda a comunidade escolar. “Estávamos em um momento de renovação e inovação no nosso acervo literário e a doação foi um pontapé inicial feito pelo Rotary Guarani”, afirma.

Ela ainda explica que os livros foram escolhidos pelos próprios alunos a partir de pesquisa feita pelos mesmos. “Os professores deram sugestões, porém a escolha esteve baseada nos interesses dos educandos. A lista foi apresentada ao representante do Rotary que não mediu esforços para aquisição.”

Os recursos para a compra dos livros foram obtidos por meio de doações dos companheiros que possibilitaram a compra de 140 obras no total. “O objetivo inicial era conseguir 150, mas pela diferença nos valores de alguns volumes tivemos que reduzir a quantidade”, diz o diretor da pasta Fundação Rotária, dentro do Rotary Guarani, Rodrigo Glesse.

Rodrigo lembra que a atuação do Rotary com projetos continua na busca por atingir as reais demandas da comunidade. “Enviamos um e-mail para todas as escolas municipais e creches para que nos passassem quais eram suas necessidades. Estamos em fase de análise das solicitações e de como conseguiremos atender”, diz.

As outras entregas dos volumes foram realizadas em fevereiro e março.