Toledo

Secretaria de Educação apresenta avanços no primeiro quadrimestre de 2019

A audiência da Educação foi realizada na tarde de sexta-feira (Foto: Divulgação)

Diminuição da lista de espera para os Centros Municipais de Educação (Cmeis), abertura do Processo Seletivo Simplificado (PSS), obras e readequações nos espaços escolares são alguns avanços da Secretaria de Educação. Eles foram contemplados durante a prestação de contas do primeiro quadrimestre deste ano, realizado na tarde de sexta-feira (31), na Câmara de Vereadores.
No primeiro quadrimestre deste ano, a Educação efetivou mais de 13 mil matrículas e prestou 14.059 atendimentos. Para os Cmeis, a Secretaria realizou dois chamamentos até o momento. Segundo a secretária de Educação Edna Heloisa Schaeffer Amaral, em dezembro de 2017, mais de 1,4 mil crianças aguardavam na fila de espera. Hoje são 48 crianças na lista, sendo que todas as crianças do Polo um, quatro e cinco que solicitaram vagas até o mês retrasado foram atendidas. O dado é referente a abril deste ano.
Apesar da disponibilização de vagas para os Centros Educacionais, o número de inscrição na lista para os Cmeis tem aumentado de forma significativa. Em janeiro de 2018 era 119 inscrições. Em janeiro de 2019 foram 260. Em fevereiro 138 e 256, respectivamente ao ano passado e neste ano. Em março deste ano, 166 crianças foram inscritas na lista e neste ano 180 e em abril 126 crianças ingressaram na lista no ano passado e 202 neste ano.
Edna salienta que a administração tem buscado diminuir o tempo de espera na lista do Cmei e ela considera o aumento da inscrição positivo, pois demonstra um avanço para a Educação, já que as crianças estão na rede.
A vereadora Janice Salvador complementa que a ampliação da inscrição para o Cmei indica a necessidade da comunidade e um nível de confiança dos cidadãos ao trabalho desenvolvido pelos servidores nos Centros.

FORTALECIMENTO – Outra ação fundamental para a Educação nos primeiros meses deste ano foi a organização dos quadros de funcionários. A secretária comenta que a diminuição do limite prudencial para 49,40% possibilitou a administração abrir Concurso Público. “Assim, conseguiremos fortalecer as equipes de trabalho nas instituições”.
Enquanto isso, a Secretaria realiza contratações por meio do Processo Seletivo Aberto (PSS) para as áreas de: Educação Infantil, nutricionistas, cozinheiras e auxiliares de serviços gerais. A pasta ainda pode contratar pelo PSS professor T-40, ele atua desde a pré-escola ao quinto ano. “Este tipo de contratação colabora para a organização do ensino escolar. É uma forma de suprir os professores que estão em atestados, entre outras situações”.
Do quadro de professores, 41 tiraram licença maternidade; 153 apresentaram atestados acima de 15 dias; aproximadamente 1.060 menos de 15 dias; 20 servidores tiraram licença prêmio e 17 aposentaram-se.
Diante desses dados, o vereador Marcos Zanetti disse que o número de profissionais com atestado é considerado elevado. “Eu fiz uma pesquisa e me deparei que a maioria dos atestados é por problema psicológico”, afirma ao questionar se a Secretaria possui um planejamento para prevenir ou auxiliar o servidor.
A secretária explica que a pasta realiza uma tratativa com a Secretaria de Recursos Humanos para ter um trabalho preventivo com os servidores. Porém, no momento, a Secretaria não possui uma proposta formal.