Estado

Sicredi e Sebrae/PR promovem primeiro Hackathon Agro Tech

Expo Umuarama será palco da maratona de programação para criar soluções para setor agropecuário

A Expo Umuarama 2018 sediará uma ação inovadora: o primeiro Hackathon Agro Tech. Promovido pelo Sicredi - instituição financeira com mais de 3,7 milhões de associados em todo o Brasil - e Sebrae/PR, a maratona de programação pretende reunir profissionais de diversas áreas, como programadores, designers e empreendedores para criar soluções tecnológicas em diferentes setores.

A ação acontece entre os dias 16 e 18 de março com foco na resolução de problemas do setor agropecuário. O evento contará com a parceria de instituições de ensino superior e da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama (ACIU). Jacques Douglas Pacheco, gerente de agência da Cooperativa Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP em Umuarama, explica que a cidade tem o maior rebanho bovino do Estado e que ações inovadoras como o Hackathon seguem a premissa do Sicredi de ser simples, próximo e ativo. “A parceria do Sicredi com o agronegócio vem de longa data. Promover atividades como essa mostra que é possível aliar inovação e tecnologia a um setor que é essencial para o desenvolvimento da região e do Estado, algo que o Sicredi apoia e estimula”, afirma.

 

MARATONA TECNOLÓGICA

Durante 47 horas os participantes terão a missão de desenvolver softwares e outras soluções para problemas reais do dia a dia da agropecuária local. Letícia Albuquerque, consultora do Sebrae/PR, explica que os temas foram identificados com o apoio dos empresários do setor, que relacionaram demandas ligadas à produtividade, lucratividade e valor agregado ao produto. “A nossa proposta para este evento na Expo Umuarama é agregar novas oportunidades, promovendo discussões, reflexões e a criação de soluções para o setor. Melhor ambiente para discutir inovação para a agropecuária do Município não há”, afirma a consultora.

A inscrição para as 48 vagas disponíveis é gratuita e pode ser feita pelo site: www.startupumuarama.com.br. Os interessados precisam montar uma equipe multidisciplinar, de quatro a seis membros para preencher o cadastro. Também estão abertas as inscrições para quem deseja ser mentor do Hackathon. São 20 vagas para profissionais que tenham conhecimento na área tecnológica ou em pecuária. Ao final, será concedido certificado de participação. Letícia Albuquerque destaca também que além da expectativa para a primeira edição, também existe a intenção da promoção de novos eventos para fomento da inovação e novos negócios na cidade. “Estamos organizando as primeiras ações que devem ser constantes na realidade local”, diz a consultora.