Economia

Tendência é casar tributária do Senado e Câmara e votar em 2020, diz Mourão

O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, disse que a tendência é que a reforma tributária seja formada por um casamento dos textos da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Em palestra no Clube Militar, o Rio de Janeiro, Mourão avaliou que será preciso muita negociação, mas que a previsão é de que o texto seja votado no primeiro semestre do ano que vem.

"Juntas, a reforma da Previdência e a tributária serão vitórias inimagináveis e vão dar outro diapasão para o País", afirmou Mourão.