Segurança

Três mortes são registradas pela PRF durante o feriado da Independência

Entre os mortos está uma criança de sete anos; nove condutores foram flagrados embriagados.
(Foto: Catve.com)

A Operação Independência que durou quatro dias, registrou na Rodovias pertencentes a Polícia Rodoviária Federal de Cascavel três mortes em decorrência de acidentes.

A Operação teve início na meia noite de quinta-feira (6) e foi encerrada a meia noite de domingo (9). Os agentes fiscalizaram ao longo dos quatro dias o uso do cinto de segurança, ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade, e combate a direção após a ingestão de álcool.

No feriado prolongado foram registrados 13 acidente, com 14 vítimas feridas e três vítimas fatais. Em 2018, foram registrados 13 acidentes com 15 pessoas feridas e uma morte.

 

ACIDENTES COM ÓBITOS

O primeiro acidente com óbito ocorreu na noite de quinta-feira (06), no km 529 da BR 277, em Ibema, e envolveu uma motocicleta, placas de Ibema, e um veículo Kia Sportage, placas de Guarapuava.

A motocicleta seguia no sentido Ibema/Guaraniaçu, que ao realizar uma ultrapassagem indevida invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente com a Sportage.

Na motocicleta estavam dois ocupantes, o condutor, de 18 anos, que não possuía habilitação, e morreu no local do acidente; o passageiro, de 23 anos teve ferimentos graves e foi socorrido ao hospital Santo Antônio em Guaraniaçu.

O condutor da Sportage, de 36 anos, teve ferimentos leves e também foi encaminhado para o hospital Santo Antônio.

O segundo acidente com óbito ocorreu na noite de sábado (08), no km 453 da BR 277, no perímetro urbano de Laranjeiras do Sul.

O acidente envolveu 3 veículos. Um veículo Omega, que ao forçar uma ultrapassagem, colidiu frontalmente em um veículo GM/Corsa e uma Toyota/Hillux, que seguiam no sentido contrário.

No interior do veículo Omega havia dois ocupantes, o condutor de 29 anos, e o passageiro, de 30 anos, ambos tiveram ferimentos graves. O condutor foi submetido ao teste de etilômetro que teve resultado positivo de 0,17 mg/l (miligrama por litro de ar expelido dos pulmões).

No veículo Corsa havia três ocupantes: o motorista de 39 anos que teve ferimentos graves, a passageira de 32 anos que teve ferimentos graves, e uma criança, filha do casal, de sete anos que morreu a caminho do hospital.

No veículo Hillux, estavam quatro ocupantes. Todos ilesos.

As vítimas foram encaminhadas para o hospital em Laranjeiras do Sul e Guarapuava. O corpo da criança foi para o IML (Instituto Médico-Legal) de Guarapuava.

O outro acidente com óbito ocorreu na madrugada de domingo (09), no Km 127 da BR 487, em Tuneiras do Oeste. Um pedestre, de 44 anos, foi atropelado por um veículo que fugiu do local do acidente. Segundo populares, o pedestre estaria embriagado sobre a pista.

 

COMBATE À DIREÇÃO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL

Durante a operação, 450 condutores foram submetidos ao teste de etilômetro e extraídos nove autos de infração por dirigir sob influência de álcool.

Os condutores que foram flagrados dirigindo sob influência de álcool receberão uma multa no valor de R$ 2.934,70, além de terem seu direito de dirigir suspenso pelo prazo de um ano.

 

FISCALIZAÇÃO DE EXCESSO DE VELOCIDADE

Em todos os dias da Operação houve a operação de radares nas rodovias, sendo que 1.010 condutores foram flagrados acima do limite de velocidade.

Os condutores que foram flagrados acima do limite máximo de velocidade permitido receberão uma multa que pode variar de R$ 130,16 a R$880,41, dependendo do excesso de velocidade constatado. Nos casos mais graves, além da multa o condutor ainda terá o seu direito de dirigir suspenso.

Ainda 92 motoristas foram autuados por realizarem ultrapassagens proibidas, 59 casos de não uso do cinto de segurança, sendo que sete envolviam crianças.

Fonte: Catve.com.