Toledo

UTFPR realiza semana do meio ambiente com oficinas sobre a destinação correta dos recicláveis

Oficina identifica qual material é mais consumido na universidade e como reduzir a produção (Foto: Franciele Mota)

Começou nesta segunda-feira (11) a 1ª Semana do Meio Ambiente da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) campus Toledo. O evento se estende até a próxima sexta-feira (15) com palestras, oficinas e campanhas envolvendo toda a universidade e a comunidade próxima também.

Segundo o organizador da semana e presidente da comissão do planejamento de gestão de logística sustentável Ivan José Coser, a intensão é promover uma reflexão das atitudes que cada um deve ter em relação aos resíduos. “Essa semana foi planejada com várias palestras e duas oficinas no sentido de mobilizar a comunidade acadêmica e a sociedade de maneira geral a refletir sobre a destinação correta dos resíduos”, comenta.

Ela salienta que o momento é de conversar sobre o tema no ambiente universitário, desenvolver projetos e ações que façam com que as pessoas reflitam e possam ter uma atitude diferente no seu cotidiano.

 

OFICINAS

O tema abordado na semana do meio ambiente deste ano é “Acabe com a Poluição Plástica”, que foi indicado pela Organização das Nações Unidas (ONU). As duas oficinas que acontecem nesta semana na UTFPR trabalham com o plástico, o consumo consciente e a destinação correta. Uma das delas vai trabalhar a produção de puffs com garrafas pets para amenizar a colocação deste produto indevidamente na natureza.

Outra oficina promovida pelo evento é de gravimetria participativa, onde consiste em separar os resíduos que são gerados dentro da instituição para ter uma ideia da produção de cada material dentro da instituição e, de que forma esse consumo pode ser reduzido.

Papel, caixas de papelão, vidros, plásticos, isopor, entre outros materiais reciclados passam por essa triagem. Eles são pesados e a partir daí é possível ver uma incidência da produção. O organizador da semana conta que esse trabalho já foi realizado no ano passado quando foi observado o grande consumo de copos de plásticos dentro da universidade.

Com a investigação feita pela gravimetria e o incentivo da universidade para os alunos utilizarem copos reutilizáveis, a instituição passou de um consumo de 7.500 copos por semana para 200 copos por semana. “Esse é um trabalho de conscientização com a comunidade acadêmica para que eles possam fazer o trabalho aqui e fora também”, conclui.