Toledo

Vereadores aprovam modificações no Programa “Atleta na Universidade”

As alterações foram aprovadas durante sessão extraordinária (Foto: Divulgação)

Em sessão extraordinária, o Projeto de Lei 80/2018 - que altera a legislação que institui no âmbito do município do Programa “Atleta na Universidade” - foi aprovado, na quarta-feira (5), por unanimidade em segundo turno.

O objetivo do Executivo é melhorar a execução e o acompanhamento do Programa. Por isso encaminhou a matéria com algumas modificações nos requisitos para quem tiver interesse em pleitear a concessão do benefício e nas obrigações a serem atendidas pelos bolsistas.

Entre as mudanças sugeridas está que o técnico responsável tenha autonomia para determinar os critérios que definirão a convocação de atletas para as equipes sob sua responsabilidade para a disputa dos Jogos da Juventude do Paraná e dos Jogos Abertos do Paraná e outras competições em que o Município participe. Desta maneira, fica a cargo do respectivo técnico definir os critérios para tal participação.

O PL ainda propõe a alteração da obrigação do beneficiário da bolsa de prestar serviços em programas desenvolvidas pela Secretaria de Esportes e Lazer do Município, de forma que, ao invés de prestá-los em carga horária equivalente a cinco horas semanais, passem a ser prestados em 20 horas mensais, o que otimizará o controle e a frequência dos atletas nas atividades da SMEL.

 

VOTAÇÃO

A matéria teve ausência de inscrição de vereadores para a discussão. O vereador Ademar Dorfschmidt realizou a justificativa de seu voto favorável. Ele afirma que o Programa é importante para a sociedade. “O Governo Federal deveria compreender que esse tipo de projeto deve ser ampliado. Com isso, teríamos um serviço público com mais quantidade. Hoje temos as universidades federais que estendem os cursos de medicina e outras áreas. Acredito que a pessoa que faz uma faculdade federal deveria prestar um trabalho por um período para a sociedade. O governo federal deveria olhar para projetos dessa magnitude porque é importante”.

Ele salienta que Toledo dá exemplo ao aprovar o Projeto de Lei. “Dá oportunidade ao atleta de estar na Universidade e na contrapartida trabalhar em projetos do município. Isso é fazer gestão pública com qualidade. O governo federal deveria olhar com bons olhos dessa magnitude, porque temos muito a contribuir com a sociedade do nosso país”, finaliza.

 

OBJETIVOS

O Programa “Atleta na Universidade” tem como objetivos:

- Valorizar os atletas locais com destaque estadual, nacional e internacional, incentivando-os a continuarem representando o município de Toledo nas competições de que participarem;

- Incentivar a ampliação e a qualificação da base esportiva local, para um melhor desempenho dos atletas toledanos em competições esportivas;

- Minimizar a evasão de atletas toledanos para outros centros;

- Acompanhar o desenvolvimento dos atletas em treinos e competições.