Esporte

Vettel reage e é o mais rápido do dia nos treinos livres do GP do México

Sebastian Vettel reagiu ao longo desta sexta-feira e terminou o dia liderando os treinos livres do GP do México de Fórmula 1. O piloto da Ferrari desbancou a Mercedes e anotou 1min16s607 na segunda sessão, desbancando o tempo 1min17s327, registrado pelo inglês Lewis Hamilton no primeiro treino do dia no Autódromo Hermanos Rodríguez.

Com pneus macios, como fez a maioria dos mais rápidos do dia, Vettel baixou em quase dois segundo o tempo obtido no início do dia - ele foi apenas o sexto colocado na sessão de abertura do GP. O holandês Max Verstappen, vencedor das últimas duas corridas em solo mexicano, marcou 1min16s722 e ficou perto de Vettel.

Charles Leclerc, companheiro do alemão na Ferrari, foi o terceiro mais veloz, com 1min17s072. O piloto de Mônaco, sensação da temporada, chegou a rodar e sair da pista no início da atividade, sem maiores consequências. O mesmo aconteceu no fim, já com compostos médios. Não foi o único. O tailandês Alexander Albon, da Red Bull, acertou o muro e detonou parte da asa dianteira. O incidente obrigou a suspensão temporária do segundo treino, por 15 minutos.

A Mercedes, que havia liderado a primeira sessão, apareceu somente na quarta e quinta posições da segunda atividade do dia. O finlandês Valtteri Bottas ficou à frente de Hamilton, com 1min17s221 e 1min17s570, respectivamente. Bottas foi um dos que mais acumulou quilometragem na sessão, com 39 voltas.

O desempenho da dupla da Mercedes será decisivo neste fim de semana. Isso porque Hamilton poderá sacramentar o hexacampeonato no domingo. Para tanto, precisará somar 14 pontos a mais que Bottas. Assim, será campeão se vencer a corrida e faturar o ponto extra pela corrida mais rápida e o companheiro de Mercedes não passar do quarto lugar. Ou se apenas faturar a vitória na prova e Bottas ficar em quinto, entre outras combinações.

O Top 10 da segunda sessão teve ainda o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, com 1min17s747; o francês Pierre Gasly, da mesma equipe, com 1min18s003; o espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren, com 1min18s079, o alemão Nico Hülkenberg, da Renault, com 1min18s261; e o britânico Lando Norris, da McLaren, com 1min18s349.

Em um treino sem chuva, apesar da previsão de mau tempo no fim de semana, a maior parte das equipes aproveitou a segunda metade do treino para testar os compostos médios e duros.

Os pilotos voltam para a pista às 12 horas (horário de Brasília) deste sábado para o terceiro e último treino livre. No mesmo dia, às 15 horas, será o treino classificatório. E, no domingo, a largada está agendada para as 16h10, com transmissão pelo canal SporTV 2.