Pecuaristas recebem a expedição Confina Brasil

Os municípios de Esperança Nova e Cascavel receberam a expedição Confina Brasil, que coleta informações da pecuária intensiva e analisa dados relacionados a manejo, gestão, índices zootécnicos, infraestrutura, nutrição e sanidade, entre outros fatores de produção. Esses dados contribuirão para o mapeamento de 40% do gado confinado no país. A ação é realizada pela Scot Consultoria.

O Confina Brasil se propõe a conhecer de perto o movimento fantástico das fazendas paranaenses e de outros 10 estados, parte importante no processo de tecnificação da pecuária e do aumento da oferta de carne bovina para atender à crescente demanda por carne de alta qualidade. No total, a expedição visitará 120 propriedades entre junho e setembro, coletando as informações dos confinamentos e atualizará, de forma remota, os dados dos confinamentos visitados em 2020, totalizando a pesquisa em 14 estados. A pecuária intensiva é a expressão da evolução da atividade tanto em produção como em produtividade.

Em sua 2ª edição, o Confina Brasil mapeará fazendas responsáveis pela terminação de mais de 2 milhões de bovinos em confinamento.

A equipe é formada por engenheiros agrônomos, médicos veterinários e zootecnistas da equipe da Scot Consultoria, todos especialistas em pecuária e preparados para coletar os dados e interpretá-los com o olhar na evolução constante da atividade.

“Um diferencial da expedição é divulgar a realidade da produção e também conhecer histórias de pessoas que lideram esse processo”, destaca o time da Scot Consultoria. Nesse sentido, o Confina Brasil 2021 dá atenção especial à gestão, tecnologia, sucessão familiar e sustentabilidade.

CASCAVEL