Bolsonaro e Guedes chegam ao Planalto de ônibus elétrico e usam rampa do Palácio

Em um gesto incomum, o presidente Jair Bolsonaro decidiu utilizar a rampa do Palácio do Planalto para se dirigir ao seu gabinete nesta segunda-feira. Ele estava acompanhado pelos ministros Paulo Guedes (Economia), Joaquim Leite (Meio Ambiente), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional). Todos eles chegaram à sede do Executivo em um ônibus elétrico.

A Secretaria Especial de Comunicação (Secom) somente avisou a imprensa de que o presidente utilizaria a rampa do Planalto minutos antes da chegada de Bolsonaro e ainda não explicou o porquê da decisão.

A agenda oficial do chefe do Executivo não prevê reuniões com os ministros supracitados nesta segunda-feira. Teoricamente, o primeiro compromisso do dia seria um encontro com o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, às 11h30.

Entre os titulares da Esplanada, só Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, tem agenda divulgada com Bolsonaro, às 16 horas.

Tampouco a agenda de Guedes informa a reunião com o presidente. De acordo com o documento, ele teria nesta segunda-feira um despacho com o secretário Especial do Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago, às 10h15, na sede do Ministério da Economia.

A pasta ainda não deu detalhes sobre a chegada de Guedes ao Planalto junto a Bolsonaro em um ônibus elétrico.