Bolsonaro vai a jogo beneficente e nega erros

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda, 28, que sua atuação durante a pandemia do novo coronavírus não teve nenhum erro. O País passou ontem a marca de 191 mil mortos por covid-19 e, enquanto outras nações já organizam rodadas de vacinação, ainda não tem um cronograma definido. “Não errei uma. Zero”, afirmou Bolsonaro.

O presidente fez a declaração depois de participar de um jogo beneficente de futebol em Santos, uma das 19 cidades paulistas que descumpriram o decreto do governador João Doria (PSDB) que determina medidas restritivas.

Indagado sobre a disputa pela presidência da Câmara, em que Arthur Lira (Progressistas-AL), apoiado pelo Centrão e pelo Planalto, vai disputar com um nome do grupo de Rodrigo Maia (DEM-RJ), Bolsonaro disse que vai “cumprimentar quem vencer”. “Eu fui do Centrão. Fui do PP”, disse Bolsonaro. O presidente defendeu o bloco alvo de denúncias de corrupção. “É igual o time do Santos. Se tem um ou outro que não está jogando bem não pode culpar todo mundo”, afirmou.,

Bolsonaro participou do jogo beneficente “Natal Sem Fome” promovido há 15 anos pelo ex-jogador Narciso, do Santos, no estádio da Vila Belmiro. Ele jogou pouco mais de cinco minutos e marcou um gol. A partida teve transmissão da TV Brasil.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.