Carro de candidata do PSDB à prefeitura de São Vicente é atacado a tiros

O carro da candidata do PSDB à prefeitura de São Vicente, Solange Freitas, foi atingido por disparos de arma de fogo, na manhã desta quarta-feira, 11, na Vila Voturuá, área urbana do município. Os disparos foram feitos por uma pessoa em uma moto que emparelhou com o carro da candidata. Ao menos quatro tiros atingiram a janela do passageiro, onde Solange estava sentada. O vidro, blindado, resistiu aos impactos. A tucana estava acompanhada do candidato a vice, Gil dos Santos, também do PSDB, e de três assessores. Ninguém se feriu.

O ataque aconteceu às 10h30, na Avenida Monteiro Lobato, quando Solange cumpria compromissos de campanha. Acionada, a Polícia Militar fez buscas na região, mas não localizou o autor dos disparos. A Polícia Civil informou ter requisitado imagens de câmeras instaladas na região na tentativa de chegar ao atirador. O carro passará por perícia. A assessoria da candidata informou que todas as pessoas que estavam no veículo passam bem e que Solange está colaborando com a investigação. Jornalista, Solange Freitas atuava na equipe da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo em Santos, e se desligou este ano para disputar sua primeira eleição.

Na terça-feira, 10, em um vídeo postado em rede social, a tucana reclamou de perseguição à sua candidatura e pediu segurança. Ela conta que, no dia 14 de outubro, seu comitê eleitoral na área continental da cidade, na Avenida do Quarentenário, foi invadido durante a madrugada. A fiação elétrica foi arrancada e a porta foi destruída. Os invasores quebraram também uma placa com o nome da candidata. Solange também recebeu ameaças.

Inquérito da Polícia Civil investiga atuação do PCC nas eleições

Um inquérito aberto pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil de São Paulo investiga possível atuação do Primeiro Comando da Capital (PCC) nas eleições municipais. Conforme apuração preliminar, a facção estaria usando seu poder para impedir que candidatos do PSDB pedissem votos em comunidades dominadas pela facção em algumas regiões do Estado, entre elas a Baixada Santista, onde fica São Vicente.

A Secretaria da Segurança Pública do Estado informou que a Polícia Civil de São Vicente investiga o crime denunciado pela candidata. O PSDB de São Paulo informou em nota que se solidariza com a candidata e sua equipe, vítimas de atentado a tiros, e disse que Solange vai prosseguir com seu propósito de propiciar dias melhores à cidade. “O PSDB espera a rápida elucidação do caso pelas autoridades e a exemplar punição de seus autores”, diz a nota.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fez uma postagem em rede social condenado o ataque à candidata do partido. “O atentado contra a jornalista @Solange Freitas, que concorre à Prefeitura de São Vicente, no litoral de SP, é uma violência condenável e um ataque à democracia”, disse. Ele acrescentou ter determinado à Polícia Civil todo empenho para esclarecer o crime e prender o criminoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *