Em nota, PSDB cobra ações ‘urgentes’ de Bolsonaro contra a crise

O diretório nacional do PSDB divulgou nota nesta quarta-feira, 3, cobrando do governo federal a agir “de verdade” para combater a pandemia e afirma serem “imprescindíveis e urgentes” ações para atenuar os efeitos da crise sanitária na geração de empregos e garantias de renda.

A nota foi publicada após o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso dizer, em entrevista ao Estadão, que o partido precisa “tomar um rumo” e lamentar que o PSDB possa estar em um “ciclo descendente” diante dos mais recentes resultados eleitorais, como a derrota nas eleições para as Presidências da Câmara e do Senado.

Na nota, que também foi postada nas redes sociais oficiais do partido, o PSDB relata frustração “com o andamento moroso, para dizer o mínimo, da agenda de reformas econômicas prometida pelo presidente Jair Bolsonaro em campanha” e que sempre defenderá o equilíbrio das contas públicas. O partido ainda pede um basta ao “desprezo” do governo federal pela pandemia de covid-19.

“O presidente da República mostra-se mais interessado em agradar tão somente sua base de apoio radical, antidemocrática e extremista do que atender ao conjunto da sociedade brasileira”, diz a nota.

Ao final do texto, o PSDB diz que o País precisa de um trabalho sério, algo que Bolsonaro “jamais demonstrou” e de um caminho diferente, com “mais prosperidade, mais união, menos divisões e um novo sentimento de nação”.