Em queda nas pesquisas, Russomanno parte para o ataque em debate

Em queda nas pesquisas de intenção de voto, o deputado federal Celso Russomanno (Republicanos) mudou a estratégia e o tom na reta final da disputa pela Prefeitura de São Paulo. O candidato, que só havia ido ao debate da TV Bandeirantes e não participou de embates transmitidos pela internet com seus oponentes, reviu a sua decisão de não ir ao encontro organizado pelo Estadão em parceria com a Fundação Armando Alvares Penteado (Faap) e assumiu um tom mais crítico e agressivo, principalmente contra o deputado estadual Arthur do Val (Patriota), que pontua abaixo dele nas pesquisas de intenção de voto.

“Com relação a eu ter ou não OAB, eu nem fiz a prova porque sou jornalista. Eu tenho dois cursos. Você deveria enfiar a cabeça debaixo do rabo para entender o que eu sou”, afirmou Russomanno a Arthur em um dos momentos mais tensos, depois que o oponente afirmou que ele não tem registro da Ordem dos Advogados do Brasil para praticar a profissão.

De acordo com o que o marqueteiro de Russomanno, Elsinho Mouco, disse ao Estadão, a ideia da participação no debate foi a de trazer à tona o mesmo “Celso da ‘Patrulha do Consumidor'”, o programa de televisão do deputado.

Ainda de acordo com Mouco, o candidato vai participar dos últimos dois debates que faltam antes do primeiro turno do pleito: o do jornal Folha de S.Paulo, nesta quarta-feira, e o da TV Cultura, nesta quinta.

A última pesquisa Ibope/TV Globo/Estadão, divulgada nesta segunda-feira, dia 9, mostra Russomanno em terceiro lugar, com 12% das intenções de voto – chegou a ter 26% em 2 de outubro – e Mamãe Falei está em sexto lugar, com 5% das intenções de voto.

No mesmo debate, em outro confronto entre ambos, Arthur Do Val questionou Russomanno sobre gastos telefônicos de seu gabinete na Câmara dos Deputados. “Você era um bebê quando eu comecei a trabalhar com direito do consumidor”, respondeu Russomanno, de maneira acalorada, afirmando que o gasto foi feito devido ao atendimento a pessoas que fazem reclamações por serviços prestados.

Nos intervalos, Russomanno foi assessorado por Mouco, que estava presente no auditório. Outro de seus convidados foi o ex-assessor da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), Flávio Ricardo Beall, que esteve por um tempo lotado na liderança do PSL e no gabinete do deputado Castello Branco (PSL). Atualmente, ele é candidato a vereador pelo PRTB e disse ao Estadão ter sido convidado pela campanha de Russomanno.

O candidato do Republicanos também protagonizou embate com o petista Jilmar Tatto quando ambos discutiram sobre fiscalização do trânsito. Além disso, ele teve um confronto indireto com Guilherme Boulos (PSOL), que o ultrapassou nas pesquisas. As trocas de farpas são sobre a aparição, em propagandas do candidato de esquerda, da operadora de caixa de supermercado Cleide Cruz, que se diz humilhada por Russomanno. O assunto foi judicializado pelas campanhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *