Guedes diz que CPI ’embaralha’ e é ‘perde-perde’

O ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou nesta quinta-feira, 1º, que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado sobre a pandemia de covid-19 “embaralha” o trabalho do Congresso. A comissão investiga denúncias sobre a atuação do governo Bolsonaro no enfrentamento à doença.

“Um chama o outro de bandido, o outro fala que o outro está matando gente. É um perde-perde geral”, afirmou, em evento virtual organizado pelo empresário Abílio Diniz. “Estamos antecipando o ciclo eleitoral, o que não é muito bom para o País. O melhor para o País é o ganha-ganha das vacinas e das reformas”, completou.

Mais uma vez, Guedes disse que o País vive em um “barulho infernal, ensurdecedor”, mas ponderou que esse é o barulho normal das democracias. “Tem uma guerra política infernal. Se não fizemos tá errado, se fizemos tá errado também. (A pandemia) tem sido uma tragédia, mas as tragédias tiram de nós o nosso melhor”, afirmou.