Editorial
Clubes consolidados

No último fim de semana foi realizado o 1º Baile à Fantasia do Yara Country Clube. Um sucesso absoluto! Além deste baile outros eventos estão sendo realizados ao longo do ano movimentando o clube praticamente o ano inteiro. O mesmo acontece no Toledão, mostrando que, em tempos de crise econômica, quando o cidadão procura economizar de todos os lados e um dos primeiros cortes no orçamento é justamente o gasto com lazer, a agenda intensa dos dois dos principais – e maiores – clubes de Toledo é mostra do quanto a organização e a criatividade podem auxiliar a manter o quadro associativo relativamente equilibrado para permitir investimentos e, claro, a manutenção de acordo com aquilo que agrade seu público.

Tanto Toledão quanto o Yara neste sentido estão sendo administrados de forma bastante inteligente. Evidente que esta é uma impressão de fora, mas até onde se tem conhecimento os dois clubes, apesar da pressão econômica, têm conseguido manter uma gama de atividades bastante diversificada, além de efetuarem novos investimentos.

No caso do Toledão recentemente foi inaugurada a academia e feitas outras pequenas melhorias. O mesmo se aplica ao Yara com a entrega de um novo parque infantil e outras pequenas melhorias. Aqui não importa o tamanho, muito menos a localização, pois tanto um quanto o outro tem seus atrativos e seus frequentadores assíduos. Cada qual com sua característica, os dois clubes em Toledo têm algo em comum: são sobreviventes!

Sobreviventes porque ao longo da história Toledo teve outros clubes, com destaque para o Clube do Comércio e o CCR. Ambos sucumbiram, enquanto Toledão e Yara foram se moldando aos novos tempos e às novas exigências dos associados. Na AABB acontece processo semelhante, embora numa proporção menor que aos ‘gigantes’, porém não menos importante quando se trata de clube associativo.

Este bom momento dos clubes toledanos precisa ser valorizado pela sociedade, pois eles mantêm viva a tradição de atividades como os bailes sociais, algo que ao longo do tempo foi se perdendo. Também mantêm escolinhas esportivas e oportunizam a muitas pessoas a chance de praticar uma atividade física ou apenas ter um momento de lazer em meio à loucura do cotidiano. E isso não é pouco!