Coluna do Editor
Coluna do Editor 02/10/19

Ânimos exaltados

A onda de denúncias junto ao Conselho de Ética na Câmara de Toledo tem deixado muitos vereadores com os ânimos exaltados. Uns mais, outros menos...Mas a verdade é que o clima está pesado no Legislativo e isso fica muito claro nos discursos.

 

Sem medo

Ademar Dorfschmidt (MDB) afirmou que os “inimigos” não o amedrontam e que se o cidadão Lourival Neves Júnior tem pensado que vai mandar no seu mandato está enganado. “A este cidadão meu desprezo total”, disparou Ademar.

 

Irregular

O vereador foi enfático ao afirmar que o filho do deputado José Carlos Schiavinato estava de forma irregular na atual administração e ameaçou que se nada for feito haverá consequências. Ora, se o vereador tem muitas informações, como deixou claro em seu discurso, é preciso revelá-las, ou não?

 

Perseguição

Outro que ‘abriu a caixa de ferramentas” contra Schiavinato foi o presidente da Câmara Antônio Zóio (PSL) que deu um duro recado: “(O filho do deputado) Não tem competência nenhuma para ser secretário”.

 

Vergonha

Ainda em seu discurso, Zóio chamou de desastre o possível fechamento da Escola de Ouro Preto. Disse que o prefeito Lucio de Marchi está “envergonhando o município”. Além disso, em tom bastante irritado, garantiu que ninguém vai se intrometer em sua tarefa de ser vereador.

 

Economia

A denúncia seria gravíssima não fosse um detalhe: a intenção de fechar a escola partiu do Governo do Estado para tentar economizar recursos públicos em função de lá existirem uns 20 alunos no máximo. Aliás, esta proposta já aconteceu na gestão passada e, diante da polêmica – e do corporativismo – se manteve a unidade aberta até hoje.

 

Não vai

Já a Escola Municipal, que também funciona em Ouro Preto, conta com aproximadamente 40 alunos e não existe nenhuma proposta para fechar a unidade.

 

Planejamento

Ainda sobre o assunto, a líder do Governo na Câmara, vereadora Janice Salvador (PSDB), reforçou que o planejamento daquela unidade para 2020 já está pronto dentro da Secretaria Municipal de Educação. “Serão 43 alunos, quatro turmas, com direção e com aquilo que uma escola desse porte comporta e precisa ter”, afirmou Janice.

 

Papel

Zóio tem razão quando diz ser necessário fazer o seu papel de vereador e, neste caso, é preciso que o nobre presidente da Câmara busque se informar melhor antes de falar algo tão importante como essa questão da escola sem necessariamente corresponder à verdade.

 

Bom resultado

O sexto lugar na fase final dos Jogos da Juventude do Paraná – Divisão A por Toledo, na competição recém encerrada em Londrina, foi motivo de comentário da vereadora Marli do Esporte (PCdoB). Para ela o resultado é fruto do trabalho bem feito em Toledo. “É uma colocação que tem de ser ressaltada por causa da Secretaria de Esportes e Lazer e pelas associações que investem nos jovens”, disse Marli.

 

Asfalto

A vereadora Marly Zanette (PSL) elogiou o trabalho realizado pela Emdur na recuperação do asfalto em Novo Sobradinho e pediu que o mesmo aconteça em outros distritos da cidade.

 

Contas

Vagner Delabio (PSD) destacou a importância da Emdur e ressaltou os números apresentados na audiência pública de prestação de contas, além de elogiar a liderança do diretor-técnico Rodrigo Salles.

 

Restos

Já Pedro Varella (PP) reclamou – muito – de vários pontos em Toledo onde os acidentes de trânsito são preocupantes. Por isso ele reforçou a necessidade de aumentar a quantidade de elevações em paver e citou a quantidade de restos de veículos envolvidos em acidentes deixados pelo caminho.

 

Despedida

Ascânio Butsge (PDT) aproveitou seu tempo na tribuna durante a sessão ordinária de segunda-feira para se despedir, haja vista ter sido o último dia da licença do titular Leoclides Bisognin (MDB).

 

Educação

Edmundo Fernandes (PRB) puxou a orelha do colega Albino Corazza Neto (PDT) pela “falta de educação” na Comissão do Meio Ambiente quando chamou todo mundo de “quadrilheiro” durante a última reunião. “O senhor não tem respeito. Se o senhor tem problema com o Neudi Mosconi (secretário de Desenvolvimento Ambiental) que resolva com ele”.

 

Gravíssimo

Na sequência Edmundo reclamou do “jogo de vaidades dentro da Câmara e acusou o colega Ademar Dorfschmidt de hackear seu aparelho celular e criar fake news. Assunto gravíssimo!