Coluna do Editor
Coluna do Editor 04/07/19

PSD

Divulgação

O vereador Vagner Delabio, president do PSD em Toledo, está muito satisfeito com o resultado de reunião realizada esta semana, especialmente pela qualidade das filiações feitas. Na foto ele está ao lado dos empresários Roberto Antônio Bombardelli (Lactobom) e Beto Niedemayer (Allmayer). De acordo com Delabio, o objetivo é vir forte na disputa municipal em 2020, quem sabe até mesmo com nome a prefeito.

 

Lista

Além de Bombardelli, filiaram-se ao PSD Ricardo Pereira Rodrigues, Davi Cividini Dal Bosco, Antônio Carlos da Silveira, Marcio Luiz Bedin, Lucas Pesarini Bedin, João da Silva Pedro, Mauri Mocelin, Luiz Carlos de Souto, Marcia Gerhardt Scarpin, Jefferson Paulo Martins, Adenir Signor, Marcos Roberto Savaris, Claudio Luiz Vipych, Denis Marque Dalarosa, Irineu Antônio Flores, Mônica B. Quirino, Joceli Antonio Zamboni, Jhonata Cristian Zamboni e Altair Alves Lisboa.

 

Cultura

Nesta quinta-feira (4), haverá nova reunião do Conselho de Cultura de Toledo, a partir das 9h, quando será apresentado o Plano Diretor, ou seja, as deliberações de ações e metas para a Cultura. O secretário Odemilson dos Santos também fará esclarecimentos sobre a reforma do Teatro Municipal.

 

Otimismo

Quem circula diariamente no prédio do Executivo afirma que o clima é de otimismo. O prefeito Lucio de Marchi tem cobrado de alguns secretários mais agilidade nas ações. Ele também fez algumas mudanças internas de cargos.

 

Mudanças

Esta semana, por exemplo, foram publicadas Portarias alterando alguns cargos dentro da Prefeitura de Toledo: Terezinha Pereira Maciel foi nomeada como coordenadora de Centro da Juventude, com lotação na Secretaria da Juventude; Michel Henrique Niedermeyer assumiu o cargo em comissão de coordenador de Cursos de Artes, com lotação na Secretaria da Cultura; e Roberto Lima de Souza é o novo coordenador do Centro de Revitalização da Terceira Idade, com lotação na Secretaria de Assistência Social e Proteção à Família.

 

Fala Leitor

Moradores da Rua Ângelo Cornélio, no Jardim Anápolis, estão reclamando que após a duplicação da BR-163 percorrem, para ir ao Centro de Toledo aproximadamente 4 quilômetros. No retorno, em compensação, o trajeto sobe para 12 quilômetros porque é preciso ir ao viaduto da avenida Parigot de Souza. Não foi deixado nenhum retorno mais próximo.

 

Fogos

Quero acrescentar alguns pontos em relação à questão dos fogos de artifício, ainda mais agora que a polêmica cresce com a proposta de revogação da lei restringindo o uso de fogos com estampido nos eventos organizados pelo município.

 

E aí?

Como a lei é específica, o que dizer dos demais cidadãos de Toledo? Basta um grupo se reunir, comprar os fogos e organizar a festa e, pronto, o problema do barulho retorna. Já pensou se algum hotel da cidade decide organizar sua festa de réveillon ou algum bar próximo ao Parque Ecológico? E aí, como fica? E vai acabar com o barulho nas casas ou prédios em toda cidade? Certamente não!

 

Respeito

Cabe esclarecer que tenho dois cachorros em casa e adoro animais, assim como respeito todo ser humano e a vereadora Olinda Fiorentin (Cidadania) que apresentou a proposta, cumprindo seu papel enquanto legisladora.

 

Pressão

Triste é ver quem votou a favor da proposta agora sucumbir à pressão porque a festa no fim de ano não vai sair pelo simples fato de não existir uma empresa capaz de atender a essa demanda.

 

Benefícios

Entendo os motivos para a vereadora ter apresentado a proposta, mas e os benefícios trazidos pelo evento à cidade como um todo? Quanto o show da virada representa para a economia com hotéis, bares e restaurantes lotados? E o que dizer da economia informal? Tenho certeza absoluta que nenhum vereador pensou nisso na hora de votar.

 

Balança

Também quero deixar claro que não morro de amores por fogos de artifício, porém, reconheço a beleza da festa e sua importância econômica e social, haja vista o quanto se fala – bem – de Toledo nesta época do ano. Sim, o evento causa alguns transtornos, mas a balança pendia mais para o lado positivo que negativo.