Coluna do Editor
Coluna do Editor 08/06/19

Passo

Após três mandatos, Ademar Dorfschmidt (MDB) disse durante a última sessão ordinária na Câmara de Toledo que não será mais candidato a vereador. “Isso é uma decisão pessoal”, comentou ele, dizendo ter feito o que pôde neste período. “Se tiver a oportunidade de dar um passo à frente e disputar o Legislativo assim o farei, senão saio da política”, emendou.

 

Faixas

O presidente do Legislativo, Antonio Zóio (PSL), reclamou da inexistência das faixas de sinalização na estrada em direção ao distrito de São Luiz do Oeste. Em sua opinião a Secretaria de Segurança e Trânsito, infelizmente, está perdida e só sabe notificar o cidadão. “Falta investimento do Executivo”, criticou.

 

Frase

“Polícia não tem o dedo engessado. Polícia não tem que perdoar bandido. Polícia tem que promover o encontro dele (bandido) com Deus. Quem perdoa bandido é Deus. Polícia é polícia”. A frase é do vereador Genivaldo Paes (PDT), ele próprio policial civil e que saiu em defesa de seus colegas de profissão.

 

Desabafo

Leandro Moura (PSL) aproveitou seu tempo na última sessão da Câmara de Toledo para desabafar sobre o episódio em que está sendo acusado de ameaçar de morte a vereadora Marli do Esporte (PCdoB). Disse ele que aos poucos estão se aproximando cada vez mais da verdade

 

Perseguições

Moura disse ainda ter enfrentado “muitas perseguições” na eleição e que está bem ciente de seu papel na sociedade. Afirmou ainda que as perseguições retornaram de maneira “oportunista, maldosa e orquestrada” e que estão levantando “falso testemunho” e que isso o faria trabalhar ainda “mais determinado”.

 

Confusão

O vereador creditou a “pessoas maldosas” terem espalhado falsas notícias com a clara intenção de prejudicá-lo. Ele ainda afirmou que sua família e amigos ficaram apreensivos. “Todo mundo que gosta e mim e me conhece ficou apreensivo. Minha mãe não” e o abraçou dizendo saber o “filho que tinha” e o vereador disse ter recuperado as forças.

 

Ética

“Tudo não passou de uma armação”, disparou Leandro Moura que protocolou junto à Comissão de Ética contra os responsáveis por quebra de decoro parlamentar e reiterou ser o mais interessado em esclarecer os fatos, colocando-se à disposição para a quebra sigilo bancário, fiscal ou telefônico. O vereador ainda pediu bom senso e criticou quem tentou se vitimizar em busca de holofotes da mídia.

 

Quatro Pontes

O Poder Público de Quatro Pontes recebeu o deputado estadual Marcel Micheletto na semana passada. No encontro, o prefeito João Laufer e o secretário de Administração, vice-prefeito Tiago Hansel, pediram a liberação de emendas parlamentares para a realização de projetos na cidade.

 

Diferença

O deputado estadual Marcel Micheletto avalia que o grupo político quatropontense faz a diferença. “O prefeito João Laufer sempre apresenta diversas demandas, provocando o nosso governo a liberar recursos para melhorar a vida da comunidade, em especial no meio rural. Alguns investimentos já estão previstos, mas o que me deixa feliz é que o município tem uma situação financeira fantástica e sem royalties. Sinto-me honrado em representar Quatro Pontes no Governo do Estado. Vou continuar me dedicando para elevar a qualidade de vida no município. A atual gestão é muito eficiente e tenho certeza que a população está muito satisfeita”, assegura.  

 

Meio Ambiente

Estra semana os integrantes da Comissão de Meio Ambiente (CMA) da Câmara de Toledo se reuniram com o secretário de Desenvolvimento Ambiental e Saneamento Neudi Mosconi. Em pauta as políticas ambientais desenvolvidas no município, o Consórcio do Lixo, a Usina do São Francisco, o recolhimento do lixo com a empresa atual (Inova) e ainda os preparativos para a próxima licitação da empresa que prestará os serviços de recolhimento do lixo orgânico. Foi solicitado ao secretário que marque uma visita dos integrantes da CMA ao Aterro Sanitário de Toledo e ao triturador que lá opera.

 

Iluminação

Uma leitora entrou em contato reclamando que desde a última segunda-feira os super postes na Carlos Barbosa – da altura do supermercado Allmayer em direção ao Jardim Coopagro – estão sem luz, deixando a rua às escuras.

 

Sem resposta

Mais triste é que esta senhora entrou em contato com a Copel, onde obteve a informação que iluminação pública é com a Prefeitura de Toledo. Na prefeitura a ligação foi encaminhada à Ouvidoria, que passou para a Secretaria de Habitação e Urbanismo, que devolveu à Ouvidoria. Aí a senhora ligou para a Guarda Municipal, onde foi aberto um protocolo, mas até agora nada de resposta, muito menos de luz. Aí fica difícil...