Coluna do Editor
Coluna do Editor 12/06/19

Ameaças

Leandro Moura (PSL) outra vez citou a questão da suposta ameaças de mortes à vereadora Marli do Esporte (PCdoB) durante a sessão desta segunda-feira. Segundo ele, afirmação muito grave porque se insinuou que elas envolviam vereadores e aí, na opinião de Moura, os 19 poderiam ser suspeitos. Disse, entretanto, que apesar do assunto ter lhe dado muita dor de cabeça, aos poucos fatos novos estão sendo conhecidos e que em breve “a verdade virá à tona”.

 

Confiança

Além disso, Moura afirmou confiar no trabalho do Comitê de Ética da Câmara formado pelos vereadores Marcos Zanetti (PDT), Marly Zanete (PSL), Renato Reimann (PP), Gabriel Baierle (PTB) e Leoclides Bisognin (MDB).

 

Armação

O vereador protocolou um pedido junto ao Comitê para esclarecer a verdade sobre afirmações que colocaram em xeque toda a Câmara e não apenas o seu nome. “A população de Toledo merece saber a verdade”, disse Leandro, que reiterou seu desejo de ajudar no que for necessário para resolver a questão e insistiu na tese de ter havido uma armação envolvendo seu nome e cobrou a apuração dos fatos.

 

Ética

Nesta quarta-feira (12), haverá nova reunião do Conselho de Ética quando, muito provavelmente, o relator Leoclides Bisognin vai apresentar seu parecer se acata a notícia de Leandro Moura em desfavor da Marli do Esporte.

 

Representação

Ainda sobre o caso, Marli parece ter apresentado uma representação contra Leandro na última sexta-feira. O assunto também deverá ser tratado na reunião de hoje à tarde.

 

Punição

Insisto: o assunto é gravíssimo e precisa ser tratado com muita seriedade por parte do Conselho de Ética, até porque é preciso parar de confundir imunidade parlamentar com irresponsabilidade parlamentar. Uma punição rigorosa é o mínimo que se espera contra quem não estiver com a razão.

 

Frase

“Não serei mais candidato a vereador. Não estou blefando”. A frase é do vereador Ademar Dorfschmidt (MDB) que espera ter a chance de dar “um passo à frente”, ou seja, uma candidatura ao Executivo. Porém, caso isso não ocorra, ele garante já ter projetos pessoais em andamento.

 

Hipismo

Um fato pitoresco da última reunião ordinária da Câmara de Toledo: diante do alto número de projetos a serem votados, o presidente Antonio ‘Zóio’ (PSL) parecia em determinados momentos narrador de corrida de hipismo.

 

Normal

O coordenador da força-tarefa do Ministério Público Federal da operação Lava Jato em Curitiba, procurador Deltan Dallagnol divulgou vídeo em que se defende da suspeitas levantadas a partir da divulgação de conversas entre ele, outros procuradores e o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro. Dallagnol alegou que é “muito natural” e “normal” que procuradores e advogados conversem com o juiz de uma causa e negou que tenha ouvido “conluio” entre integrantes da operação e Moro na condução do processo que resultou na condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Audiência Pública

No dia 27 de junho será realizada uma Audiência Pública sobre a obra de pavimentação asfáltica, meio fio, galerias de águas pluviais e calçadas na rua Maranhão, entre as ruas Pastor Uwe Ggreggersen e Abramo Rottawa. O encontro será na Associação de Moradores do Conjunto Residencial Ângelo Luiz Parizotto, a partir das 19h30.