Editorial
Dinheiro bem-vindo

Daqui exatos 20 dias, quando os servidores públicos municipais de Toledo forem conferir os respectivos salários, um dinheiro extra já estará depositado, beneficiando 3.562 servidores de carreira ativos e 991 inativos. O pagamento da primeira parcela que corresponde a 40% do 13º salário será feito no dia 31 de julho, junto com o salário do mês. Com isso, a folha de pagamento de julho deve somar aproximadamente R$ 7 milhões a mais.

Esse dinheiro é muito bem-vindo na economia local, ainda mais numa época onde quase nada acontece diante da escassez de datas comemorativas, sem mencionar nos gastos extras realizados até agora, com pagamentos de impostos e taxas intermináveis e que afetam os orçamentos da maioria das famílias, sejam elas de servidores ou não. Essa antecipação tem sido adotada há uns cinco anos em Toledo e é uma forma inteligente por parte da administração de manter a economia aquecida, além de valorizar os servidores e mandar um recado que a gestão dos recursos públicos segue sendo bem feita, caso contrário seria impossível manter essa antecipação ou então o pagamento em dia, cenário bastante comum em muitas prefeituras Brasil afora.

Além dos servidores municipais, algumas empresas privadas também optam por parcelar o 13º salário e por isso é preciso zelo na hora de recebê-lo, afinal, é uma antecipação e não um dinheiro extra. O trabalhador que terá esse dinheiro a mais em mãos agora na metade do ano deve utilizá-lo com consciência, uma vez que podem haver algumas prioridades financeiras, como a quitação de dívidas, até porque no fim do ano, no caso dos servidores, serão pagos os 60% restantes e é preciso ter isso em mente na hora de gastar.

Com um cenário econômico não muito favorável em relação as taxas de juros tanto do cartão de crédito, do crédito rotativo do cartão, do comércio local e dos financiamentos imobiliários muitos economistas orientam sobre a necessidade de quitar as dívidas. Mas, quem está com suas finanças equilibradas, pode quem sabe antecipar algumas compras do fim de ano e, com isso, economizar ainda mais graças a este dinheiro bem-vindo nesta época.