Mauro Picini
Mauro Picini Moda & Estilo 01/10/19

Apps de namoro para que tem mais de 50 anos: por que vale a pena?

Sexóloga fala dos benefícios à saúde de quem tem uma vida sexual ativa na maturidade

Apps de namoro para que tem mais de 50 anos: por que vale a pena?

Cada vez mais, homens e mulheres de todas as idades têm procurado por um estilo de vida mais ativo, mesmo depois que chegam na maturidade. Uma das ferramentas mais utilizadas por esse público tem sido os aplicativos de namoro para cinquentões e cinquentonas, permitindo conhecer pessoas novas, além de desfrutar de uma parceria mais tranquila depois de tantas experiências vividas.

A sexóloga do site Solteiros50 (www.solteiros50.com.br), Carla Cecarello, explica que retomar a vida sexual na maturidade ajuda a proteger até mesmo o coração. “O sexo funciona como exercício, por isso, traz todos os benefícios de uma atividade física comum. Uma pesquisa realizada na Universidade de Tufts, nos Estados Unidos, já revelou que o sexo regular funciona como exercício cardiovascular, aumentando as chances de combater o câncer e diminuindo os sintomas da menopausa”, destaca.

Além disso, Carla conta que, em 2011, uma pesquisa divulgada durante o Encontro Anual da Sociedade Americana de Gerontologia, revelou-se que a frequência da atividade sexual está diretamente ligada à felicidade dos idosos. “Quanto mais ativa a vida sexual dos mais velhos, maiores são os níveis de bem-estar na vida e felicidade no casamento”, lembra. O levantamento considerou as respostas de 238 pessoas com mais de 65 anos de idade. Segundo os dados, 60% dos idosos que faziam sexo mais de uma vez por mês se classificaram como “muito felizes” em comparação com 40% dos indivíduos que não tinham tido relação sexual nos últimos 12 meses.

Mas a especialista Carla Cecarello (www.solteiros50.com.br) faz um alerta para quem tem mais de 50 anos. “Embora a sensação de liberdade e a segurança na hora de retomar a vida sexual sejam recorrentes aos mais velhos, alguns cuidados não podem ser deixados de lado. Esta é uma geração que não conheceu o preservativo e hoje em dia, apesar de conhecerem, torcem o nariz para ele. E aí mora o perigo! Curtir a vida é muito válido, mas com precaução”, orienta a sexóloga.

 

Benefícios de uma vida sexual ativa depois dos 50 anos - “Os benefícios do sexo são muitos, ele aumenta a autoestima, melhora a qualidade de vida, o humor e a intensidade das relações. No entanto, conforme a idade avança, o corpo vai passando por mudanças, por isso é preciso ficar atento e ter alguns cuidados. A libido não acaba com o envelhecimento. O que pode acontecer são algumas alterações hormonais com a terceira idade, como no caso das mulheres quando muitas vezes têm a testosterona alterada. O homem passa pela andropausa - distúrbio antropogênico do envelhecimento masculino - e essa alteração hormonal pode atingir a libido. Mas se não houver nenhum tipo de alteração no hormônio que desperta desejo sexual, a vontade continua da mesma forma”, descreve a especialista do site Solteiros50 (www.solteiros50.com.br).

 

É possível ter lubrificação na terceira idade?

A lubrificação tende a diminuir na mulher após a menopausa. Algumas ficam com ‘muito pouco’ e outras desaparecem completamente. Nesse caso, é sempre importante fazer à utilização de géis, principalmente os que são à base de água. Além disso, o lubrificante pode ser usado em cima do preservativo para que o deslizamento seja ainda melhor. Géis com hormônio são aconselháveis somente com recomendação médica. Vale ressaltar que o prazer continua da mesma forma, o orgasmo é uma sensação cerebral desencadeada por um estímulo no pênis ou no clitóris (vagina), se essa sensação for muito boa e prazerosa com certeza essa pessoa vai chegar ao orgasmo naturalmente.

 

Família X Terceira idade - Muitas vezes a família pode influenciar na vida sexual pelo fato de não conseguir imaginar seus avós ou pais tendo uma vida sexual ativa. “A terceira idade é vista como o fim de tudo na vida daquela pessoa, alguns chegam a recriminar beijos e, portanto, podem não aceitar que saiam para bailes em busca de novos parceiros. O que é uma pena porque nunca é tarde para viver e ser feliz”, conclui a especialista.

 

Nomofobia afeta 77% dos jovens conectados, diz estudo

A Internet há 30 anos entrou e transformou a vida das pessoas. No Brasil, 83% das crianças e adolescentes, entre 9 e 17 anos tem acesso à Internet. Esta geração de nativos digitais precisa ser educada para a cidadania digital e o alerta vem da pesquisa inglesa da SecurEnvoy - que aponta que, 66% da sua população sofre de nomofobia – pânico de ficar sem celular. Entre os jovens este índice sobe para 77%.

O termo nomofobia foi usado inicialmente no Reino Unido e se origina da expressão ‘No-Mo’ ou ‘No-Mobile’, na tradução livre: Sem Celular. A síndrome resulta em ansiedade, insegurança e depressão devido ao processo de isolamento social e empobrecimento das relações socioafetivas.

O uso excessivo dos celulares por crianças, além de prejudicar o sono, interfere no processamento de hormônios fundamentais ao desenvolvimento, durante o sono. Um estudo da Universidade de Seul, na Coreia do Sul, diz que a nomofobia interfere na química cerebral, oscilando os níveis de ácido gama-aminobutírico (GABA) e de glutamato-glutamina (Glx), neurotransmissores essenciais ao bom funcionamento do organismo.

O problema não está na tecnologia, mas como ela é usada. “As tecnologias têm ampliado e democratizado o acesso à Internet. Como provedor investimos, cada vez mais, para oferecer às famílias conexões ágeis e de qualidade, mas nos preocupa a forma como a Internet está sendo usada, sobretudo pelas crianças e adolescentes. Precisamos educá-los para a cidadania digital, ou seja, usar a Rede de forma responsável e ética. Só assim podemos evitar muitos casos de bullying, de exposição excessiva e de crimes cibernéticos”, explica o presidente da Toledonet Telecom, Marcos Thielke.

O olhar atento da família faz toda a diferença. “Hoje o mercado dispõe de diversos aplicativos que ajudam a família monitorar o tempo de acesso e o que as crianças e adolescentes acessam. São ferramentas que ajudam, mas não devem ser usadas sozinhas, o diálogo sempre é o melhor caminho. Precisamos educá-los para o convívio social e fazerem bom uso da Internet, pois ela oferece muitas possibilidades positivas”, orienta o presidente da Toledonet.

 

Sinal de Alerta - Os pais e responsáveis devem ficar alertas ao tempo que crianças e adolescentes ficam expostos e sinais como usar o smartphone como compensação para conflitos emocionais; preocupação excessiva ao perder chamadas ou mensagens, temer desligar o telefone; redução de produtividade estudos ou trabalho, descontrole de gastos ou descumprimento de compromissos; pouca atenção aos amigos e familiares.

 

Apps de Controle - Os aplicativos têm recursos variados, a Toledonet recomenda que as famílias avaliem qual é mais adequado para sua família. Os Apps a seguir tem versões gratuitas.

1. Google Family Link

2. AppBlock

3. Life360

4. GPS Rastreador de família KidsControl

6. Controle Parental Screen Time

 

Concurso Miss Guerreira abrirá o Outubro Rosa em Toledo

O Concurso Miss Guerreira 2019 abrirá hoje a programação alusiva à campanha Outubro Rosa, em Toledo. O evento é organizado por meio da Diretoria de Responsabilidade Social, da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), em parceria com o Projeto Amigas do Bem Viver.

A diretora de Responsabilidade Social e Ambiental da Acit, Maria Rita Pozzebon, comenta que há vários anos a entidade vem promovendo ações alusivas ao Outubro Rosa, pela importância da conscientização do público feminino quanto à prevenção. “No ano passado denominamos o evento de Pausa para o Rosa e agora teremos a segunda edição, visando chamar a atenção das mulheres quanto ao cuidado e a prevenção da saúde no quesito câncer de mama. Queremos lembrá-las sobre a importância de realizarem os exames, pois o diagnóstico no início faz a diferença na superação da doença”, explica.

O evento contará com desfile das guerreiras – assim são chamadas as mulheres que lutam contra o câncer de mama – e escolha da miss. “Todas as participantes são mulheres que estão em tratamento ou já tiveram câncer, e integram o Projeto Amiga do Bem Viver”, observa Maria Rita.

Estão previstos também o compartilhamento de histórias de superação da doença, apresentações culturais e encerramento com coquetel. A programação acontecerá no Salão Mafalda Eventos, a partir das 19h30, na ). Para participar, o ingresso é solidário, devendo ser trocado por um quilo de alimento não perecível, na Acit.

No primeiro Pausa para o Rosa,no ano passado, mulheres guerreiras participaram de desfile de moda.

 

Entenda a diferença entre EDP, EDT e EDC na hora de escolher uma fragrância

Elysee

Siglas populares no segmento da perfumaria, os EDC, EDT e EDP sempre geram aquela dúvida na hora de comprar uma fragrância. Essa definição de nomenclatura se deve a alguns elementos que muitas vezes passam despercebidos, mas fazem toda diferença na hora de escolher um perfume. A forma mais conhecida de diferenciar os perfumes é por meio das suas diferentes concentrações de essência. Contudo, não se deve esquecer que a raridade dos seus ingredientes também faz diferença, além das embalagens e dos processos exclusivos que são utilizados em cada formulação.

 Para exemplificar as classificações das fragrâncias e entender a relação de custo x benefício de cada uma delas, O Boticário lista as diferentes variações e sugere alguns produtos de seu portfólio:

• EDP: Eau de Parfum - Dosagem entre 15% a 20% de concentração e possui maior durabilidade na pele. Observe os detalhes da embalagem, o peso do frasco, os detalhes da decoração do cartucho, tudo isso diferencia um EDP dos demais tipos de fragrâncias.

Para os homens a sugestão de EDP do Boticário é o The Blend, nova marca de perfumaria que traz a assinatura de quatro experts renomados de diferentes países. Outra opção masculina é o recém- lançado Zaad Go, que faz parte das fragrâncias da família amadeirada floral e contém um ingrediente inédito, a Evodia, um fruto aromático avermelhado, nativo do norte da China. Utilizada em técnicas milenares da medicina daquele país, a Evodia também foi escolhida, porque acredita-se que o fruto tenha poder de balancear o Yin Yang, e de renovar as energias.

Para o público feminino, a marca sugere fragrâncias marcantes, como Lily Eau de Parfum e Elyseé, ou outra opção com um EDP mais fresco, como o My Lily.

•EDT: Eau de toilette/Desodorante Colônia - Dosagem Máxima 15,0%. Os EDT praticamente dominam o mercado de perfumaria. A durabilidade gira em torno de 6 a 8 horas, contudo, dependendo da família olfativa, pode-se ter a percepção de maior durabilidade. Perfumes Amadeirados e Orientais são conhecidos por sua opulência, bem como os gourmands e florais como Floratta Flores Secretas.

• EDC: Eau de Cologne/Splash Desodorante Colônia – Dosagem Máxima 7,0 % de concentração na composição, normalmente são os famosos splashs e fragrâncias de uso abundante e que muitas vezes são reaplicados durante o dia para trazer a sensação de “recém sair do banho”. Uma das novidades é o body splash da linha Cuide-se Bem Sol e Água Fresca, que têm a fragrância leve e tropical combinada ao ingrediente óleo de coco, que deixa a pausa para o selfcare repleta de hidratação e ainda mais gostosa.

Zaad Go