Artigos
Resgate da memória – projeto EJA

Durante os trabalhos elaborados em sala de aula, a Escola de Jovens e Adultos (EJA) lançou um projeto para que os alunos resgatem memórias afetivas. Ao longo de 14 semanas o JORNAL DO OESTE irá disponibilizar um espaço nas edições do fim de semana para publicar um texto dos alunos envolvidos no projeto. A estrutura do conteúdo, tem a intenção de elevar a escrita por meio da vivência dos alunos no gênero textual depoimento.

Minha Infância
Por: Elias Ramos da Silva da escola municipal Carlos João Treis.

Quando eu era criança meus pais e meus avós moravam em uma fazenda, lá era muito bom, tivemos uma infância maravilhosa. Nessa fazenda havia vários pés de frutas, manga, laranja, mexerica, uva, abacaxi... quando era época de determinada fruta íamos direto no pé dessa fruta para comer frutas fresquinhas, era uma delícia.

Não pense você que nossa vida se resumia a comer deliciosas frutas, nós também ajudávamos nos afazeres da fazenda, sabe aquelas coisas: tirar leite de vaca, recolher os ovos, dar comida aos porcos …

Isso durou até meus 16 anos quando decidi ir morar em outra fazenda, agora para trabalhar, nessa outra fazenda trabalhei no corte de cana-de-açúcar por um tempo.

Depois me mudei para cidade e fui trabalhar em uma indústria de maquinarias agrícolas na área de produção, fabricando colheitadeiras, plantadeiras e muitas outras peças, nessa indústria trabalhei por muito tempo.

Esta é a minha vida, trabalho desde muito cedo, primeiramente ajudando nos afazeres da fazenda, depois assumindo um trabalho neste mesmo espaço, posteriormente trabalhando na cidade como ajudante de produção, vivo uma vida simples, mas, sou feliz naquilo que a vida foi me proporcionando ao longo dos anos.