Coluna da ADI-PR
Volta do recesso
Nani Gois/Alep
Deputado Ademar Traiano (Foto: Nani Gois/Alep)

A Assembleia Legislativa retoma nesta segunda-feira, 5, as sessões após o recesso legislativo. No semestre foram 541 projetos de lei, oito projetos de lei complementar, 11 projetos de resolução e dez PEC. “A Assembleia contribui muito com as iniciativas do Estado. Os parlamentares apresentaram propostas e projetos de lei que foram sancionados pelo governador. A Casa está na direção certa, que é caminhar em sintonia com o clamor da sociedade”, afirmou o presidente do legislativo, deputado Ademar Traiano (PSDB).  

Novo imposto

O senador Humberto Costa (PT-PE) apresentou projeto de lei que prevê a criação da Cide-Tabaco, imposto para importadores e produtores de derivados de tabaco com alíquota de 2,5%. A metade do valor arrecadado com a nova contribuição seria transferido para estados e municípios. A proposta objetiva financiar ações para redução do consumo e tratamento da dependência química do cigarro.

Anúncio do facebook

Quadro deputados federais paranaenses - Diego Garcia (Pode), com R$ 5,074.22; Gleisi Hoffmann (PT), com R$ 4,592.06; Zeca Dirceu (PT), com R$ 3,796.48; e Boca Aberta (Pros), com R$ 2,407.65 - usaram a verba conhecida como “cotão” para pagar anúncios no Facebook no primeiro semestre deste ano.  Dos 513 deputados, 44 utilizaram dinheiro público na rede social. O gasto total passa de R$ 100 mil. Desses, Diego Garcia foi o que registrou o quinto maior gasto.

Interior e capital

Levantamento do IBGE aponta que no primeiro trimestre, o desemprego no interior do Paraná é menor que na região Metropolitana de Curitiba (RMC), mas a renda de quem trabalha no interior também é mais curta. A taxa de desocupação no interior é de 8,3%, ao passo que na RMC o índice chega a 10,1%. Na comparação com a taxa de desocupação do país, de 12,7%, apenas 10 regiões de interior tiveram desemprego maior que o índice nacional.

Renda

O rendimento médio mensal dos ocupados no interior é 30,2% menor em relação aos ocupados na região metropolitana. Enquanto um trabalhador do interior recebia R$ 2.331, um da RMC ganhava R$ 3.035. Se o trabalhador for de Curitiba, a diferença fica ainda maior: R$ 3.688, ou 58,2%. O Paraná aparece, ao lado de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, como um dos únicos estados em que o trabalhador do interior tem rendimento mensal acima de R$ 2 mil.

Extinção de cargos

A maioria dos brasileiros, por margem apertada, é a favor da extinção dos cargos de vice-prefeito, vice-governador e vice-presidente. O Paraná Pesquisas aponta que 53,4% afirmam que o país deveria acabar com esses cargos, enquanto 41% são contra. Já 71% discorda da atual regra para suplente assume a vaga em caso de afastamento de um senador.  Entre os que concordam com essa regra são 22%. O instituto entrevistou 2.184 pessoas entre os dias 17 e 20 de julho em 170 cidades dos 27 estados mais o Distrito Federal.

Direção certa ou errada

Pesquisa do instituto Ideia Big Data mostra que 41% dos brasileiros acreditam que o País “está indo na direção certa”, 36% afirmam que a direção está errada e 23% não souberam responder. Na avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro, 13% o consideram ótimo, 23% bom, 33% regular, 16% ruim e 15% péssimo. Já 32% aprovam 34% desaprovam e 34% “não aprovam, nem desaprovam”. O instituto entrevistou 1.512 pessoas entre 1º e 5 de julho em todas as regiões do país. 

Estrada do Colono

A Frente Parlamentar pela Reabertura da Estrada do Colono, coordenada pelo deputado Nelson Luersen (PDT), tem reunião na terça-feira, 6, e define os detalhes das duas audiências públicas que serão realizadas no interior. O primeiro encontro será no dia 15 em Capanema e o segundo, dia 16 em Medianeira. Luersen diz que o objetivo da reabertura da estrada alia desenvolvimento econômico com preservação ambiental. O trecho é de 17 quilômetros e corta o Parque Nacional do Iguaçu entre as regiões oeste e sudoeste.

Mutirão

Entre segunda-feira, 5, e sexta-feira, 9, o Procon de Londrina fará um mutirão de renegociação de dívidas com os bancos. Poderão ser negociados empréstimos, consignados ou dívidas de cartão de crédito com 88 bancos e financeiras. “É uma oportunidade para o cidadão conseguir descontos maiores nos juros e nas multas das dívidas que foram contraídas há três meses ou mais. Dependendo do tempo decorrido até o momento, o desconto pode chegar até 90% do valor devido”, explicou o coordenador do Procon, Gustavo Richa.

Revisão 

As convocações da revisão dos benefícios pagos pelo INSS vão começar por 311 mil beneficiários do auxílio- doença, segundo a Secretaria de Previdência. As convocações será através de carta enviada ao segurado que deverá agendar sua revisão pelo portal do INSS ou da central telefônica 135. A verificação destes pagamentos deverá começar na segunda quinzena de agosto. 

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br