Acisa operacionaliza adesão de consumidores à Paraná Energia

Os empresários e pessoas físicas de Santa Helena já podem se associar à Cooperativa de Energias Renováveis do Paraná (Paraná Energia), que tem participação da Associação Comercial e Empresarial de Santa Helena (Acisa), por intermédio da Coordenadoria das Associações Comerciais e Industriais do Oeste do Paraná (Caciopar). O objetivo geral da cooperativa é o suprimento de energia elétrica mais barata, limpa e de fontes sustentáveis, como energia solar, termelétrica a biogás, centrais geradoras hidrelétricas (CGHs) e eólica, ou outra fonte renovável, desde que seja produzida no Paraná.

Qualquer consumidor pode se associar. Pode ser pessoa física, ou empresas que estejam conectadas à rede da Copel, segundo a diretora executiva da Paraná Energia, Yonara Medeiros. Dentre os requisitos está o enquadramento no grupo B, ou seja, consumidores da cidade e que não tenha outros benefícios governamentais para a eletricidade.

ADESÃO – A secretária executiva da Acisa, Dayane Passos, ressalta que o procedimento para associação à cooperativa é fácil. “Basta ter a conta no nome e encaminhar-se à Associação Comercial e levar uma fatura para a análise do perfil de consumo. A partir disso será possível informar quanta energia pode ser entregue e qual será a economia média mensal para o consumidor”, explica. Em seguida é feita a adesão à cooperativa. O associado paga somente uma vez pela integralização social, uma cota R$200, sem nenhuma taxa adicional e tem um desconto de até 15% na conta de energia, conforme Dayane Passos. “Este benefício é único para associados a Acisa”, complementa.

PARCERIA – A parceria com a Caciopar e associações comerciais, segundo Yonara Medeiros, visa promover a acessibilidade, maior capilaridade e contato direto com os consumidores de eletricidade. Para a Acisa é uma forma de oferecer mais um serviço e vantagens aos associados, segundo a presidente, Claudete Remor.

GERADORES E CONSUMIDORES – A Paraná Energia tem por atribuição fazer a “ponte” entre geradores de energias renováveis e consumidores. Toda energia contratada e produzida por fontes fotovoltaicas, biogás e PCHs vai para a rede da concessionária, a Copel, que identifica a quantidade de energia que entrou e então a devolve em créditos.

SANTA HELENA