Administração Municipal orienta a população para que siga decreto estadual que determina toque de recolher

O Governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou ontem (1º) o decreto 6.284/2020, que limita o horário de circulação de pessoas no período noturno. A medida foi anunciada para ajudar a conter a alta na disseminação do vírus em razão do significativo aumento no número de pessoas contaminadas pela Covid-19 no Paraná.

De acordo com o documento, o “toque de recolher” será entre às 23h e às 5h e vai vigorar durante 15 dias, prorrogáveis ou não. A medida entra em vigor nesta quarta-feira (2). Apenas serviços essenciais, como saúde e segurança pública, ficam liberados da restrição. Segundo o Governo do Estado, a Polícia Militar do Paraná vai ampliar a fiscalização durante este período.

ORIENTAÇÃO – A Administração Municipal de Maripá, juntamente com o Comitê Gestor do Plano de Contingenciamento em Saúde da Covid-19 orientam a população para que siga a determinação do Estado. “Mesmo com o aumento dos casos em Maripá, a situação ainda é tranquila em nosso município, mas na região o aumento tem sido significativo”, aponta a secretária de Saúde, Andréia Bento Maria Scudeller.

“Assim como já ocorreu antes, temos que aderir ao decreto estadual, por isso pedimos a colaboração dos maripaenses para que cumpram o toque de recolher e os cuidados básicos como o uso de máscara e álcool gel e, desta forma, possamos evitar ao máximo medidas mais severas”, afirma.

DADOS – Na terça-feira (1º), o boletim epidemiológico de Maripá registrou 12 casos confirmados ativos, um deles isolado em enfermaria e os demais cumprindo isolamento domiciliar e sendo monitoradas pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde. Outros 12 pacientes estão isolados e aguardam o resultado dos exames.

Da Assessoria